sábado, 30 de abril de 2016

Garota que teve câncer desabafa após ofensas: ‘Não escolhi ficar doente’





Depois de ser alvo de hackers que invadiram seu canal de vídeos em março, a menina Lorena Reginato, de 12 anos, conhecida na internet como Careca TV, foi novamente perseguida por “haters” na internet. Nesta semana, a moradora de Jaú (SP) fez uma postagem no Facebook onde mostrou mensagens de internautas dizendo que ela “mendigava” e usava a sua doença – um câncer no cérebro – para chamar a atenção na web.

Na publicação, Lorena afirma que não teve câncer “porque quis” e que já tinha tentado ter um canal de vídeo antes do tratamento. “Não fui eu que escolhi ter isso [o câncer] para mim. Antes de ter essa doença, eu também tinha um canal e tentei da mesma forma fazer com que ele desse certo. Infelizmente, como perdi os movimentos e a voz, nao deu pra continuar com aquele canal. Depois que recuperei um pouco a voz e os movimentos resolvi criar outro canal e postar um vídeo apenas dizendo o que iria falar no canal e explicando o porque tava falando daquele jeito e porque eu nao tinha mais cabelo”, diz o post.

Ainda no post, Lorena mostrou algumas mensagens de internautas que a acusavam de usar a doença para conseguir dinheiro, fama e bens materiais. “Câncer está se tornando uma coisa tão lucrativa que acho que vou ter um”, disse um dos usuários.

Em sua defesa, a menina agradece quem a ajudou e que deseja que todos sejam felizes. “Queria deixar claro que desde o começo de tudo, eu nunca usei minha doença como forma de ganhar fama ou dinheiro, até porque nao escolhi ter ela. Eu só desejo que vocês sejam muito felizes e que realizem todos os seus sonhos, porque essa é a única coisa que tenho a desejar pra vocês”, finaliza Lorena.



G1/SP


Dilma vai anunciar aumento do Bolsa Família no 1º de maio




A presidente Dilma Rousseff anunciará neste domingo, em evento do Dia do Trabalho em São Paulo, um aumento escalonado nos benefícios do Bolsa Família. Segundo auxiliares da presidente, o reajuste será feito por faixas. O maior percentual será de cerca de 5%. Dilma, que está reunida com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, no Palácio da Alvorada, estuda ainda correção das faixas do Imposto de Renda. A decisão de aumentar o benefício ocorre após o secretário do Tesouro, Otavio Ladeira, afirmar que não há espaço fiscal no Orçamento para a medida.

Assessores da presidente reconhecem que o “dinheiro é curto”, mas que, apesar das restrições financeiras, Dilma optou por fazer um reajuste “significativo”. Segundo um auxiliar, a presidente tem ordenado aos ministros que reforcem marcas da área social do governo, dando a “sinalização devida de que não pode haver retrocessos”. Fontes do Planalto têm afirmado que Dilma não promoverá, com o aumento, um rombo nas contas públicas. O impacto dessa medida será de no máximo R$ 1 bilhão.

— Não se está promovendo nenhum rombo e sim uma reafirmação de prioridades — diz um auxiliar presidencial.

Ontem, Barbosa foi perguntado sobre o Bolsa Família e disse que estava sendo estudado, mas que não havia decisão sobre o assunto. Com relação à correção das faixas do IR, caso feita, só valerá para as declarações feitas em 2017.

R$ 100 MILHÕES PARA PROPAGANDA


A duas semanas da votação no Senado que poderá afastá-la do cargo, Dilma Rousseff começou a anunciar medidas de última hora. Ontem, ela prorrogou o Programa Mais Médicos, liberou R$ 100 milhões para gastos com publicidade da Presidência e outros R$ 80 milhões para infraestrutura das Olimpíadas no Rio.

Na próxima semana, o governo promete liberar todo o orçamento da Polícia Federal previsto para o restante do ano, o equivalente a R$ 160 milhões. O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, deixou claro que a liberação dos recursos da PF vai garantir que a instituição não seja afetada em eventual saída de Dilma. Sem citar nomes, fez alusão a eventuais ingerências do governo do vice na PF e Lava-Jato:

— É muito simples. É possível que nós tenhamos uma presidenta suspensa de suas funções. E nós estamos querendo garantir que durante esse período excepcional de até 180 dias a PF funcione independentemente da crise política.



O Globo

Australiana de 19 anos morre após cair do cavalo em seletiva para a Rio-2016


A australiana Caitlyn Fischer, 19, morreu, neste sábado (30), em Sydney, após cair do cavalo durante a prova de croos country na seletiva para a olimpíada do Rio.

A amazona sofreu um acidente ao tentar passar por um obstáculo de um metro, considerado baixo para o hipismo. Ela caiu por baixo de seu cavalo Ralphie, recebeu atendimento médico imediatamente, mas não resistiu aos ferimentos.

“Em nome de todo o esporte, gostaria de estender nossos profundos sentimentos aos pais de Caitlyn, Alisa Carr e Mark Fischer, e à sua família. Nossos pensamentos e preces de toda a família do hipismo por todo o país estão com seus familiares nesse momento triste”, afirmou Judy Fasher, presidente da Federação Equestre Australiana.

“Como mãe, meu coração está com a família e os amigos de Caitlyn após esse trágico acidente. A segurança dos atletas e dos cavalos sempre foi nossa prioridade em todos os eventos da Federação Internacional Equestre”, afirmou Sabrina Ibáñez, secretária-geral da Federação Equestre Internacional (FEI).

A morte da jovem atleta cancelou imediatamente o evento em Sydney para que a polícia pudesse investigar as causas do acidente.



Folha

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Homem morre eletrocutado ao desplugar celular do computador



Um chinês de 18 anos morreu depois de levar uma carga elétrica quando tentou desplugar o celular do computador num café, segundo reporta a imprensa local repercutida pelo Mashable.

O incidente ocorreu em Wuhan. Xiong Xuan era operário em uma fábrica de roupas e tinha acabado de terminar seu turno quando resolveu ir ao café – algo que, de acordo com seu irmão mais velho, Xiong Feng, ele fazia regularmente, usando inclusive a máquina que sempre usava.

Quando terminou a sessão, Xuan puxou o cabo que ligava o computador ao celular e levou um choque. “Ele soltou um grito quando puxou o cabo e então seu pé entrou em contato com as pernas metálicas da mesa”, contou o irmão.

O garoto começou a espumar pela boca e desmaiou. Feng chamou o tio dos dois, também trabalhador da fábrica, e eles o levaram ao hospital. Vinte minutos depois, Xuan foi dado como morto.

Casos sérios de eletrocução têm se tornado cada vez mais comuns. Há poucos dias uma mulher na Malásia morreu depois de levar um choque enquanto falava ao celular que estava ligado na tomada. Especialistas sugeriram que o acidente poderia ter sido causado por um carregador não certificado ou por uma bateria falsificada, que aumenta o perigo de explosão devido ao excesso de carga.



UOL

Em evento na PUC, Ciro Gomes diz que Temer é ‘salafrário dos grandes’


Possível candidato às eleições presidenciais de 2018 pelo PDT, Ciro Gomes chamou o vice-presidente Michel Temer (PMDB) de “safado” e “salafrário dos grandes” durante evento na PUC-SP, nesta quinta-feira (28).

Ele participou do debate “Diagnósticos da Crise: Alternativas para o desenvolvimento brasileiro”, organizado pelo movimento de alunos “Reviva”.

“Quem está preocupado com a decência do Brasil durma com um barulho desses, porque o presidente da República que assume em junho é Eduardo Cunha”, disse, em menção à Assembleia-Geral da ONU, encontro que o Brasil tradicionalmente inaugura desde 1948.

Com uma suposta ida de Temer aos Estados Unidos para participar do evento, segundo Ciro, o posto seria interinamente ocupado por Cunha. “E Michel Temer, em sua vaidade de safado, não vai deixar… vocês não deviam rir, não, isso é um salafrário dos grandes. Conspirador filho da puta”, afirmou, arrancando aplausos dos presentes.

“Me desculpem. Meu pessoal diz que eu tenho que ser ‘more presidential’. E no Brasil o povo detesta que seu presidente seja como o povo é”, completou.

Ao longo do debate, Ciro Gomes disse também que, se a presidente Dilma Rousseff de fato perder o mandato, a crise econômica tende a piorar, “e na direção do povo mais pobre do Brasil”. “Quem está preocupado com a crise econômica aperte os cintos que a coisa vai piorar, e não é pouco não.”

Recentemente, durante evento em Cambridge, nos Estados Unidos, o ex-senador afirmou que um eventual governo Temer seria “uma tragédia sem precedentes”. Na ocasião, ele acusou Eduardo Cunha, presidente da Câmara, e o vice Michel Temer de estarem juntos na condução do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.



Folhapress

quinta-feira, 28 de abril de 2016

MP denuncia homem por incêndio e 90 tentativas de homicídio no RS


Ele ainda foi denunciado por tentativa de feminicídio triplamente qualificada.
Crimes ocorreram no final de janeiro em São Leopoldo, no Vale do Sinos.


Chamas se alastraram por imóveis de prédio
(Foto: Divulgação/MP)
A promotoria de Justiça Criminal de São Leopoldo, no Vale do Sinos, denunciou nesta quinta-feira (28) Alexandre Viana de Souza pela tentativa de feminicídio triplamente qualificada contra a sua ex-companheira, Márcia Franciele Castilho Reis Schmidt.

A tentativa de assassinato ocorreu no último dia 31 de janeiro na cidade gaúcha. Souza foi preso em 12 de abril em Tramandaí, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

De acordo com o chefe de investigações da Delegacia de Homicídios de São Leopoldo Odilei Betanin, responsável pelo inquérito policial, o casal tinha um relacionamento instável.

Franciele queria o fim do relacionamento, o que Alexandre não aceitava. “Ele dizia que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém”, relata o inspetor.
A tentativa de feminicídio foi tipificada como triplamente qualificada devido ao agressor agir por motivo torpe (ciúme), com recurso que dificultou a defesa da vítima e de ter praticado crime contra mulher.

Além da agressão à ex-namorada, o homem de 30 anos é acusado por 90 tentativas de homicídio duplamente qualificado e por dolo eventual, já que ateou fogo no apartamento de Franciele após feri-la diversas vezes com um canivete ao sair de uma casa noturna em Novo Hamburgo, também no Vale do Sinos.

Alexandre foi preso no Litoral Norte após fugir
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Antes de atear fogo no apartamento, o acusado ainda furtou dinheiro em espécie, relógios, joias, roupas, sapatos, televisão, bebidas importadas, documentos, cartões de crédito e um celular do imóvel da ex-companheira. Ele está preso preventivamente na Penitenciária Estadual do Jacuí.

A denúncia, assinada pelo promotor de Justiça Sérgio Luiz Rodrigues, afirma que Alexandre "ateou dolosamente o fogo em um dos apartamentos e sabia que o bloco era habitado por mais de 100 moradores, que o fogo provocado no local tinha grande potencialidade de propagação para outros apartamentos como consequência natural da cadeia causal e estava consciente de que não era capaz de controlar a situação de perigo criada aos moradores.”

“Portanto, assumiu o risco de matar as vítimas, consentindo, admitindo e comportando-se indiferente e com desprezo em relação às possíveis mortes. Além disso, foi denunciado por crueldade a animal, já que o incêndio provocou a morte de um gato de 4 anos, que era de estimação de um dos moradores”, conclui o promotor Rodrigues.

Crimes, fuga e prisão
Na madrugada do dia 31 de janeiro, um domingo, Alexandre e Franciele estavam em uma casa noturna em Novo Hamburgo, município vizinho de São Leopoldo. Lá, houve um desentendimento entre os dois. Francielle, então, foi com o filho e amigos para um posto de combustíveis em Novo Hamburgo, enquanto Alexandre se dirigiu para o apartamento do casal, em São Leopoldo.


90 pessoas estavam no prédio no momento do
incêndio (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

No prédio, Alexandre foi flagrado pelas câmeras de monitoramento subindo e descendo diversas vezes do apartamento, carregando objetos. Ao sair do estacionamento, ele foi visto dentro do carro aguardando a fumaça surgir na janela, já por volta das 6h. Segundo o inspetor Betanin, ao perceber o êxito do incêndio, ele deixou o local e ligou para a namorada.

Na sequência, ele a encontrou no posto de combustíveis em Novo Hamburgo e pediu para voltarem juntos para São Leopoldo, o que ela não aceitou fazer sozinha. O filho dela, então, retornou com o casal, que recomeçou a discussão dentro do veículo. “O filho, percebendo a maldade já, pede para ele deixar eles descerem do carro, o que Alexandre não permite”, conta Betanin.

No caminho, Alexandre parou em um sinal vermelho, e o filho de Franciele conseguiu descer do carro e abrir a porta da mãe, que estava na carona. Neste momento, segundo a investigação policial, Alexandre sacou um canivete e desferiu vários golpes no rosto, pescoço e ombro da companheira. Mesmo ferida, ela conseguiu se desvencilhar dele e chegar ao hospital após abordar uma viatura da Guarda Municipal de São Leopoldo.

Após Franciele desembarcar de seu carro, Alexandre fugiu para Santa Catarina. Dois dias depois, a vítima prestou depoimento após receber alta no hospital e a prisão preventiva contra o agressor foi expedida pela Justiça. Apenas no pescoço, Francielle precisou levar 30 pontos.


Alexandre tatuou o nome de Franciele no braço; ela possuía homenagem semelhante, mas já apagou
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Após deixar Santa Catarina, o foragido se escondeu em hotéis em Imbé, no Litoral Norte, ao lado do município de Tramandaí, onde acabou preso no dia 12 de abril. Nesta data, ele prestou depoimento na delegacia em São Leopoldo, onde se reservou ao direito de permanecer calado. Alexandre deve se manifestar apenas em juízo.

O casal Alexandre e Franciele tinha o nome um do outro tatuado em um dos braços. De cordo com o inspertor Betanin, ela já apagou a homenagem ao ex-namorado, enquanto ele segue ostentando o nome dela na pele.

Ainda de acordo com a polícia, uma ex-namorada de Alexandre, moradora de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, já havia registrado ocorrência após ele não aceitar o fim do relacionamento, derrubá-la da moto em movimento e, depois, tentar atropelá-la.

G1 RS

Temer prepara primeiro escalão com nomes de confiança de Lula e FHC


O primeiro escalão de um cada vez mais provável Governo Michel Temer (PMDB) tem tudo para se tornar uma mistura de nomes que foram homens de confiança de duas gestões presidenciais, a de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Dos 21 ministeriáveis que foram colocados na mesa até agora, dez já estiveram em uma das duas gestões. Há outros cinco que ocuparam cargos no Governo Rousseff, mas não por exatamente próximos a ela, mas por acordos políticos com o próprio PMDB ou com o PSD. “Se ocorrer, o governo Michel será uma espécie de Frankenstein de Lula com o FHC. Isso sem excluir o núcleo duro peemedebista”, disse um auxiliar do PMDB que acompanha as negociações. As conversas foram intensificadas pelo vice-presidente desde que a Câmara dos Deputados admitiu, em 17 de abril, o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT).

Além disso, Temer deverá fazer um corte no número de ministérios. A expectativa é que entre sete e dez sejam cortados. Hoje, são 32 pastas. Essa redução, no entanto, não deve interferir na participação de alguns dos partidos do “centrão” do Congresso Nacional, como o PSD e o PP, que somam 83 das 513 cadeiras na Câmara e 10 das 81 vagas do Senado. Ambos deverão manter parte dos cargos que já ocupavam na gestão Dilma Rousseff. As legendas nanicas que deram apoio ao impeachment ficariam com cargos de menor expressão, como presidências de autarquias e superintendências.

Mesmo com o grupo de Temer alegando que nenhum nome foi oficializado porque ele ainda não está na presidência, estão no ar nomes quase certos e vários balões de ensaio, o jargão político dado a nomes vazados quer seja para testar sua receptividade ou para tentar emplacá-los. Um deles foi o advogado Antônio Claudio Mariz de Oliveira no Ministério da Justiça. Depois que o nome dele surgiu e ele concedeu entrevistas criticando a Operação Lava Jato, logo foi descartado. Para essa função, o vice-presidente estuda os nomes de um ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Ayres Britto ou Carlos Velloso. “Não há ninguém convidado para ser ministro. O que estão ocorrendo são conversas para avaliações particulares dele [Temer]. Tem alguns nomes que são mais desejos dos próprios citados que qualquer outra coisa”, disse o senador Romero Jucá (PMDB-RR).



Afonso Benites, El País

Comissão do Senado aprova PEC que derruba licenciamento ambiental para obras



Em meio ao terremoto político que toma conta de Brasília, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira, sem alarde, uma Proposta de Emenda à Constituição que simplesmente rasga a legislação ambiental aplicada atualmente em processos de licenciamento de obras públicas.

A PEC 65/2012, de autoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e relatada pelo senador Blairo Maggi (PR-MT), estabelece que, a partir da simples apresentação de um Estudo Impacto Ambiental (EIA) pelo empreendedor, nenhuma obra poderá mais ser suspensa ou cancelada. Na prática, isso significa que o processo de licenciamento ambiental, que analisa se um empreendimento é viável ou não a partir dos impactos socioambientais que pode gerar, deixa de existir.

Em um documento de apenas três páginas, os parlamentares informam que “a proposta inova o ordenamento jurídico”, por não permitir “a suspensão de obra ou o seu cancelamento após a apresentação do estudo prévio de impacto ambiental (EIA), exceto por fatos supervenientes”. A mudança, sustentam os parlamentares, “tem por objetivo garantir a celeridade e a economia de recursos em obras públicas sujeitas ao licenciamento ambiental, ao impossibilitar a suspensão ou cancelamento de sua execução após a concessão da licença”.




Estado de S.Paulo

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Primeira queda na venda de iPhones gera preocupação sobre o próximo modelo



Pergunte à Siri se o iPhone 7 será a solução para os problemas da Apple e você ouvirá que uma visita ao site da Apple responderá esta questão “e mais”. Ah, se fosse fácil assim.

As ações da Apple encerraram em queda de 6,3%, a US$ 97,82, nesta quarta-feira (27), removendo cerca de US$ 36 bilhões do valor de mercado da companhia, um dia após a empresa divulgar sua primeira queda nas vendas de smartphones, despertando debates sobre se o “auge do iPhone” chegou.

Para muitos analistas, o futuro imediato da empresa está no iPhone 7, que a Apple deve lançar em setembro.
“Se o iPhone 7 não surpreender com novas ferramentas úteis e significativas, nós nos preocupamos que o clientes não atualizarão seus modelos”, escreveu o analista do Macquarie, Ben Schachter, em uma nota a clientes.

“E, infelizmente, nada que vimos sobre o iPhone 7 até agora nos surpreende como particularmente inovador”, disse Schachter, que reduziu sua estimativa de preço-alvo para as ações da Apple de US$ 117 para US$ 112, embora tenha mantido a classificação “desempenho acima da média do mercado” para os papéis.

Os números decepcionantes da Apple se encaixam em um padrão para as companhias de tecnologia. Microsoft e Google também divulgaram dados abaixo do esperado.


Juiz do MA que mandou prender funcionários da TAM é afastado por abuso de poder



O juiz Marcelo Testa Baldochi, do Maranhão, foi afastado do cargo pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) sob a acusação de comportamento arbitrário e abuso de poder. O magistrado deu voz de prisão a dois funcionários da TAM depois de não conseguir embarcar em um voo que saía de Imperatriz para São Paulo. O check-in já havia se encerrado quando ele chegou ao aeroporto.

Baldochi responderá por três PADs (Procedimentos Administrativos Disciplinares), abertos pela ministra Nancy Andrighi, corregedora nacional de Justiça, e aprovados pelo CNJ no Plenário Virtual. Antes, os procedimentos disciplinares tramitavam na Corregedoria-Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Maranhão.

A primeira ação é referente a dezembro de 2014, quando o magistrado deu voz de prisão a dois funcionários da TAM. Ele chegou atrasado ao aeroporto e o avião em que ele embarcaria já estava em procedimento para decolar. Os funcionários da companhia aérea foram presos em flagrante e levados por policiais militares para a delegacia.

O segundo pedido de abertura de PAD é pela acusação de o juiz ter cometido apropriação indébita de um lote de cabeças de gado, estimado em R$ 84 mil, na cidade de Pinheiro (MA).

Segundo o CNJ, Baldochi teria dado voz de prisão ao motorista Jairo Pereira Moura, que transportava os bois para revenda. O juiz teria alegado que o gado era seu e os animais foram levados, às pressas, para serem abatidos em uma fazenda da região. Em seguida, a carne teria sido colocada à venda. O pecuarista que compraria parte do gado testemunhou contra o juiz e alegou prejuízo de R$ 27,5 mil.

O último PAD diz respeito à suspeita de o magistrado ter determinado, de forma arbitrária, a prisão do tabelião substituto Robson Almeida Cordeiro, do 2º Ofício Extrajudicial da Comarca de Imperatriz (MA), por suposto descumprimento de ordem judicial.

Segundo o procedimento, o tabelião teria se negado a emitir gratuitamente certidão de registro de paternidade. Cordeiro foi levado para a delegacia, onde um delegado informou ao juiz que não podia efetuar a prisão pela falta de provas testemunhais.

Segundo o CNJ, a ministra Nancy Andrighi observou que “em todos os casos há fortes indícios de que o magistrado teria agido com abuso de autoridade ao determinar prisões arbitrárias, além de ser suspeito de ter cometido apropriação indébita de um lote de gado”.

Trabalho escravo

Baldochi é conhecido no Maranhão por se envolver em polêmicas. Em 2007, fiscalização do Ministério Público do Trabalho flagrou 25 pessoas trabalhando em condições análogas à escravidão na fazenda Pôr do Sol, em Açailândia (MA), de propriedade do juiz.

Em dezembro de 2012, em Imperatriz, ele se negou a dar dinheiro a um flanelinha. Houve discussão entre eles, e Baldochi foi agredido. Ele teve ferimentos no ombro e um corte na cabeça, levando cinco pontos.

Na manhã desta quarta-feira (27), a assessoria de imprensa do magistrado informou que ainda não tinha posicionamento oficial de Baldochi sobre o assunto. Segundo o órgão, o juiz deve se pronunciar por meio de nota ainda nesta tarde.

UOL

Aécio recua, e PSDB decide dar apoio integral a eventual governo Temer



Após mais de uma semana de embates públicos entre algumas das principais lideranças do partido, o PSDB decidiu nesta terça-feira que dará apoio integral ao governo de Michel Temer, inclusive com a participação em ministérios caso haja convite. 

A unidade tucana só saiu após o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso aderir à linha que vinha sendo defendida pelos senadores José Serra (SP) e Aloysio Nunes Ferreira (SP) e defender publicamente o apoio integral da legenda ao governo peemedebista. Assim, acabou sendo derrotada a posição de apoio apenas parlamentar, que vinha sendo propagada pelos dois principais pré-candidatos da legenda à presidência: o senador Aécio Neves (MG) e o governador Geraldo Alckmin (SP).

Um dia após o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PMDB) ser contra a nomeação de integrante do partido, o tucano disse não ver o menor problema “se houver convite”. Para ele, o partido deve ajudar o país, principalmente na questão econômica.

— O que nos parece importante é o modelo político brasileiro, que se esgotou. É preciso recuperar a atividade política do país. O PSDB vai colaborar, vai participar deste novo trabalho, nessas reformas que são importantes. A participação de membros do partido, se houver convites e alguém quiser participar, não vejo o menor problema. Mas essa não é a questão central. Ninguém vai brigar para participar do governo — disse ele, após presença na inauguração do centro de convenções São Paulo Expo.



O Globo

Cunha chama PT de “organização criminosa” após partido adiar votação e diz que é perseguido pela PGR


Na primeira sessão após a aprovação da autorização do impeachment de Dilma Rousseff, o plenário da Câmara dos Deputados não conseguiu realizar nenhuma votação nesta terça-feira (26) devido a uma ação de obstrução legislativa do PT, que exige a instalação da comissão para analisar o pedido de impeachment do vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Durante toda a sessão deputados do partido e de outras siglas de esquerda questionaram o acordo de bastidores do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de partidos de oposição e de centro para não indicar integrantes para a comissão, inviabilizando, na prática, o seu funcionamento.

Recorrendo a manobras permitidas pelo regimento da Câmara, o PT conseguiu levar a sessão desta terça até as 21h sem que houvesse qualquer votação final. Estavam na pauta medidas provisórias e um projeto de alteração da composição partidária nas comissões da Casa.

Cunha arquivou o pedido de impeachment de Temer, mas o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, ordenou no início de abril a criação da comissão. Sem a indicação de pelo menos 33 dos 65 integrantes, porém, a comissão não saiu até agora do papel.

Assim como Dilma, Temer é acusado de em um período de interinidade ter assinado liberação de crédito suplementar sem autorização do Congresso Nacional.

Além do questionamento sobre o impeachment de Temer, o PT e partidos de esquerda voltaram a pedir o afastamento de Cunha, que é réu no Supremo Tribunal Federal e responde a inquéritos sob a acusação de integrar o petrolão.

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA
Em entrevista coletiva após o encerramento da sessão, o presidente da Câmara afirmou que o PT busca “companhia no banco dos réus”.
“O PT tem que disfarçar os seus próprios erros, tenta disfarçar que seu tesoureiro tá preso, que o marqueteiro tá preso, que recebeu dinheiro por fora. Enfim, o PT tem que disfarçar os seus malfeitos tentando buscar companhia nos bancos dos réus. Ele sempre age assim, à semelhança de organizações criminosas”, disse o peemedebista.

Sobre a abertura de dois novos inquéritos contra ele, autorizados pelo STF, o peemedebista atacou a Procuradoria-Geral da República, afirmando que o órgão o persegue. “Impressionante a celeridade e seletividade quanto trata comigo. Deveria ter o procurador-geral a mesma celeridade em relação aos demais investigados que existe lá. Não vi nenhuma outra denúncia a ser apresenta contra quem quer que seja.”


Folha Press

“SuperMoro” é homenageado pela TIME como um dos 100 mais influentes do mundo



 – O juiz federal Sergio Moro, responsável por condenações das ações penais da Lava Jato, foi homenageado nesta terça-feira (26) em Nova York pela revista americana “Time”, que o incluiu na semana passada entre as cem pessoas mais influentes do mundo.

Com roupa de gala e acompanhado de sua mulher, a advogada Rosângela Moro, o juiz declarou em sua chegada ao evento ao “Jornal Nacional”, da Rede Globo, que o seu nome na lista “é o reconhecimento também que o Brasil toma passos importantes na prevenção e no combate à corrupção”.
“Essa seleção honra muito a instituição”, disse. “Essa perspectiva eu acho muito positiva.”

Único brasileiro na tradicional lista dos mais influentes, Moro aparece na mesma categoria que líderes políticos internacionais, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, os dois principais candidatos a sucedê-lo, Hillary Clinton e Donald Trump, a chanceler Angela Merkel e os mandatários da Rússia, Vladmir Putin, e da China, Xi Jinping.

Na publicação, o magistrado de Curitiba é chamado de “SuperMoro”, e a sua popularidade é descrita como similar à de um astro do futebol.
“Sergio Moro é apenas um juiz, mas de um processo envolvendo um escândalo de corrupção tão grande que poder derrubar um presidente e talvez mudar a cultura de corrupção que há muito tem prejudicado o progresso de seu país”, escreve a publicação.

Folha Press

terça-feira, 26 de abril de 2016

Grupo Coração Serrano organiza torneio de Futsal em Serra de São Bento-RN



Atenção amantes do futsal, é dia 07 de Maio a partir das 09 horas da manhã no ginásio poliesportivo O GERALDÃO em Serra de são Bento RN vai ser pipoco...


‘O Brasil precisa imediatamente de uma nova Petrobras’, diz Mark Pieth, especialista em liderar iniciativas globais de combate à corrupção




(FOTO: VANDERLEI ALMEIDA/AFP/GETTY IMAGES)

A Petrobras é o símbolo de tudo o que está errado com o Estado brasileiro e, sem novas leis e uma reforma completa, a estatal corre o risco de não sobreviver. Quem faz o alerta é um dos principais nomes internacionais e a referência hoje no combate à corrupção no setor privado, Mark Pieth.

Em entrevista exclusiva ao jornal O Estado de S. Paulo, o suíço afirma que a estatal brasileira precisa ser “refundada”. Professor da Universidade da Basileia, o especialista liderou as principais iniciativas globais de combate à corrupção. Pieth foi chefe do Departamento de Crime Organizado do Ministério da Justiça da Suíça, desenhou as leis antilavagem de dinheiro no país.

Por 13 anos, ele presidiu o grupo da OCDE sobre Corrupção no setor privado, além de ter sido um dos investigadores no caso da ONU conhecido como Petróleo por Alimentos. Ele também assumiu o trabalho de reformar a Fifa, foi chamado por dezenas de multinacionais para montar estratégias para combater corrupção e hoje é conselheiro do Banco Mundial sobre integridade. A seguir, os principais trechos da entrevista.

Como o sr. avalia a situação da Petrobras?

Ela atingiu o fundo do poço agora. Não apenas ela. Mas também as empresas que pagaram subornos, como as construtoras. É algo imenso e também altamente problemático. Mas, curiosamente, é também um bom começo. Poderíamos imaginar um novo grupo de pessoas assumindo a empresa, para limpar tudo e começar do zero, expulsando os executivos que são politicamente dependentes. De certa forma, não é muito diferente da Fifa. Às vezes, uma chacoalhada é brilhante. Mas pode ser bem complicado.

Como criar uma nova empresa quando a relação com a política é profunda?

A dificuldade é que a Petrobras é uma estatal. Mas isso não significa que o presidente deve ser escolhido pelo presidente do País. A Petrobras só vai sobreviver se for administrada como uma empresa séria.

Tivemos muitos exemplos disso em outros países, que podem ser vistos como referência. Na Itália, por exemplo, muitas estatais foram sequestradas por políticos locais e usadas como bancos informais. O dinheiro é roubado e elas entram em colapso. Isso é algo que vemos com a Eni na Itália. Na França, vimos algo parecido com a Total. Uma estatal tem o tradicional problema de estar perto demais de um governo. Mas isso não é algo que não tenha como ser resolvido. Há como ter uma administração profissional, mesmo numa empresa estatal.

O que seria um sinal importante aos investidores estrangeiros?

O Brasil precisa imediatamente de uma nova Petrobras. A estrutura precisa ser reformada e novas pessoas precisam entrar. As duas coisas serão necessárias para mudar.

Aliados do governo dizem que a Operação Lava Jato aprofundou a recessão.

Não estou convencido de que a crise no Brasil é consequência do fato de a Justiça ter lidado com a Petrobras e outras empresas. A estatal é símbolo do que está errado com o Estado brasileiro. Portanto, se as pessoas estão sofrendo no Brasil, uma das etapas é lidar com empresas como a Petrobras, reformar. E não o contrário.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo, via Época

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Time é banido de liga de eSport por ser patrocinado por site pornô





A equipe Team YP foi banida da Electronic Sports League, a ESL, considerada a maior liga da eSport do mundo. O motivo consiste no fato de que o time é patrocinado pelo YouPorn, site pornográfico.

De acordo com a liga, existe uma regra que proíbe que as equipes sejam patrocinadas por empresas atuantes no ramo da pornografia. Antes da expulsão, no entanto, os organizadores da ESL tentaram convencer a direção do time a alterar o nome da equipe, uma vez que “YP” faz referência direta ao site pornô.

Em entrevista ao VentureBeat, membros da equipe se mostraram indignados com a decisão. “Estou desapontada porque o crescimento do Team YP está sendo interrompido por esta decisão, sem falar no impacto que isto terá em nosso elenco de jogadores”, disse a gerente Claire Fisher.

Ao Eurogamer, um representante da liga afirmou que a implementação da regra que proíbe patrocínios de empresas ligadas à pornografia foi criada em razão dos desejos de parceiros dos campeonatos. “A vasta maioria de nossos parceiros tem uma regra clara de ‘sem drogas, sem álcool, sem pornografia’ que somos obrigados a cumprir por contrato”, explica.

Essa não é a primeira vez que o Team YP é banido de um torneio. O grupo já havia sido desqualificado pela Riot Games de partidas oficiais do jogo “League of Legends”.


Devolução de cheques sem fundos é a maior em 25 anos




A proporção de cheques devolvidos por falta de fundos cresceu 2,66% em março último, o maior índice registrado desde 1991, na pesquisa feita pela Serasa Experian. Em fevereiro, as devoluções alcançaram 2,27% do total compensado e, em março do ano passado, a taxa foi 2,32%. As informações são da Agência Brasil.

Na análise dos economistas da Serasa Experian, o aumento se deve à “inflação elevada, pressionada pelos alimentos, e o aprofundamento da recessão econômica, impulsionando o desemprego para 10%”.

O Estado de Roraima foi o único onde não houve crescimento sobre fevereiro. O índice passou de 11,07% para 10,66% em março.

Na comparação com igual mês do ano passado, as devoluções deste ano foram maiores. Em março de 2015, o índice era 9,84% do total de cheques compensados.

No acumulado do trimestre, a maior taxa de devoluções foi constatada no Amapá (18,27%). A menor proporção ocorreu em São Paulo (1,84%). No país, a média foi 2,45%.

Por regiões, o Norte do Brasil lidera a inadimplência com cheques, acumulado nos três primeiros meses do ano a taxa 4,75%. Na outra ponta, o Sudeste aparece com o menor índice (2%). O Nordeste apresentou taxa 4,61%; o Centro-Oeste 3,23% e o Sul 2,17%.

Folha Press

terça-feira, 19 de abril de 2016

A Pousada Chalé da Serra oferece cursos de atendimento e etiqueta, confira!

Pousada Chalé da Serra abre inscrições para cursos qualidade ao atendimento,etiqueta e camareira para mais informações (84)98800-8986, só lembrando esse curso é gratuito e não faz parte de projetos de prefeituras nem muito menos com políticos , estamos apenas dando oportunidade para os jovens de nossa região vagas ilimitadas.

 

Por: Diretor do Chalé da Serra

Esporte Interativo quer jogos mais cedo durante a semana no Brasileiro


Em cerimônia de anúncio dos clubes com os quais assinou contrato para transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019, nesta terça-feira (19), o Esporte Interativo, pertencente ao grupo multinacional Turner, revelou que planeja mudar os horários vigentes dos jogos para mais cedo.

No anúncio, foi dado o argumento de que isso beneficiaria o torcedor, o que foi corroborado em vídeo pelos presidentes do Inter, Vitorio Piffero, do Joinville, Jony Stassun, e da Ponte Preta, Vanderlei Pereira.

À reportagem o vice-presidente de conteúdo esportivo da Turner, Edgar Diniz, disse que o horário deve ser “entre 19h30 e 21h”, mas que a decisão será tomada em comum acordo com os clubes envolvidos.

“Vamos alterar nossa grade para ajeitar esses jogos. Acredito que hoje não existem muitas críticas quanto aos horários nos finais de semana, então a ideia é mudar os jogos de semana para um horário em que o torcedor consiga sair do trabalho, ver o jogo e dormir o suficiente”, explica.

Para Diniz, a relação de longa data do Grupo Globo, que defende os horários mais tarde durante a semana para adequar os jogos à sua grade de programação, e a CBF não dificultará a negociação do Esporte Interativo com a entidade máxima do futebol brasileiro.

“Ainda não conversamos com a CBF, mas também temos uma ótima relação com eles. Temos a Copa Verde, a Copa do Nordeste. No final, a CBF vai defender o que for melhor para o futebol. Ela não vai entrar numa disputa entre grupos de mídia para tratar desse tema. Se o horário for bom para o futebol, não acho que ela vá tentar prejudicar a gente”, concluiu.

ANÚNCIO

Nesta segunda (18), o Esporte Interativo anunciou 14 clubes com os quais assinou contratos pelos direitos de transmissão em TV fechada do Brasileiro a partir de 2019. São eles: Santos, Inter, Atlético-PR, Coritiba, Bahia, Ceará, Joinville, Sampaio Corrêa, Paysandu, Ponte Preta, Criciúma, Fortaleza e Paraná.

O Santa Cruz foi colocado nessa lista “à revelia”. Nesta segunda, o clube disse à Folha que pretende romper o que seria um “pré-contrato” com o Esporte Interativo e fechar com a Globo, ao passo que a emissora do grupo Turner argumenta que um contrato já foi assinado e as luvas já foram depositadas.

Sobre o tema, Diniz diz se tratar de uma situação negocial “normal”, e que agora o Santa Cruz tenta receber mais por um acordo que já foi estabelecido anteriormente.

A reportagem apurou que o Figueirense apenas não foi anunciado por questões burocráticas e será o 15º clube do grupo.

Folha Press


Setor de comércio e serviços dá aval a possível governo Temer



O setor de comércio e serviço deve dar ao vice-presidente da República, Michel Temer, o seu voto de confiança na condução da política econômica, caso ele assuma o governo.

O vice-presidente administrativo da Confederação Nacional do Comércio, Darci Piana, disse que o país poderá entrar em uma rota de crescimento no possível governo Temer. Ele se reuniu com o vice-presidente, há 20 dias, em um almoço com empresários na Federação das Indústrias do Paraná.

Segundo ele, no almoço foi exposto a visão das melhores medidas para a condução da economia.

“Ele escutou as nossas reivindicações. Ele é uma pessoa de diálogo e conseguirá formar a coalizão que o Brasil necessita para sairmos dessa recessão. Sabemos que o remédio pode ser amargo no início, mas necessário”, disse Piana, durante o 7º Encontro Nacional do Comércio Exterior de Serviços (Enaserv).

Quando questionado se a presidente Dilma Rousseff teria condições de comandar essa coalizão, caso o processo de impeachment não passe no Senado, Piana foi taxativo. “Se isso acontecer, que Deus nos acude. Ela não tem capacidade política para isso. Se tivesse, porque não o fez no primeiro mandato?”.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), até fevereiro deste ano, as vendas do setor apresentaram uma queda de 10,1% ante os dois primeiros meses do ano passado.

Em fevereiro, o declínio foi de 4,5% no comparativo com o mesmo mês de 2015. “A crise no comércio é séria e profunda. Como vamos vender e nos recuperar se o país, a cada mês, perde mais empregos? É uma situação crítica e precisamos de medidas para retomarmos o crescimento econômico e assim melhorarmos a atividade”, disse Piana.

Em termos de faturamento, segundo ele, em fevereiro deste ano, o setor acumulou vendas de cerca de R$ 140 bilhões, o mesmo patamar que o primeiro trimestre de 2010.

“Perdemos muito. Muitas empresas fecharam as portas. Nos últimos sete meses, foram cerca de 120 mil empresas que pararam de operar”, ressaltou o dirigente.

Folha Press

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Governador destaca pioneirismo do RN durante abertura do Fórum Nacional Eólico e Solarinvest 2016


Foto: Demis Roussos

O governador Robinson Faria destacou a posição de líder do Rio Grande do Norte na geração de energia eólica, durante a fala de abertura do Fórum Nacional Eólico e do Solarinvest 2016, ambos realizados na Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio Sales, no Centro Administrativo, em Natal. Os eventos, iniciados nesta segunda-feira, 18, seguem até amanhã, 19, com o propósito de discutir os aspectos regulatórios, operacionais e de política setorial do segmento de energias renováveis.

“Temos hoje o maior número de megawatts instalados, o maior número de turbinas instaladas e as duas cidades com maior geração do Brasil: Parazinho e João Câmara. Com 120 parques eólicos em operação e outros 50 em produção, o RN é responsável pela geração de 2,6 gigawatts. Isso é mais de 30% de toda a geração deste tipo de energia no Brasil”, destacou Robinson Faria.

O líder do executivo estadual ainda lembrou que a fonte eólica deve criar até 2019, um total de 35 mil novas vagas de emprego. Só em 2016, a estimativa é que sejam gerados 10 mil empregos, entre diretos e indiretos.

Os avanços do segmento são, segundo Robinson, motivados também pelo cumprimento do papel do governo estadual, que não tem medido esforços para dar celeridade à instalação de novos empreendimentos. Só em 2015, por meio do Instituto de Desenvolvimento do Meio Ambiente (Idema), foram emitidas cerca de 150 licenças prévias para parques eólicos.

A celeridade do Idema na emissão de licenças foi elogiada pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte, Amaro Sales. “O avanço conquistado na emissão de licenças tem relação com a exigência do governador Robinson em ter um diretor técnico, e é a prova que é possível melhorar quando se quer”, assinalou.

O diretor nacional do grupo Serveng – responsável pelo empreendimento de energia eólica Ventos Potiguares, Mário Silva, elogiou a participação do governo estadual em promover melhorias para setor. Além disso, destacou que enxerga um futuro promissor para o RN e afirmou que estado possui a capacidade de receber o dobro do investimento que detém hoje.

Entre outras autoridades, ainda integraram a mesa de abertura, o diretor técnico da Associação Brasileira de energia Eólica (Abeeólica), Sandro Yamamoto, o presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) , o deputado estadual Souza Melo, o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal, Marcelo Rosado, e o diretor presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (Cerne), Jean-Paul Prates.



Blog do BG

domingo, 17 de abril de 2016

Maioria aprova em votação na Câmara seguimento em processo do impeachment de Dilma


A Câmara dos Deputados aprovou há pouco a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A barreira de 2/3 dos votos necessários da Casa para a continuação do rito foi atingida.

A votação continua, mas 342 parlamentares, entre os 513 da Casa, já votaram a favor.

A derrota na Câmara não significa o afastamento imediato de Dilma. A decisão dos deputados precisará ainda ser confirmada por maioria simples pelo Senado, o que deve acontecer até o início de maio.

Na primeira etapa do processo, que durou 43 horas, quase 120 deputados discursaram.

Em São Paulo, manifestação a favor do impeachment reuniu 250 mil pessoas na avenida Paulista, de acordo com o Datafolha. Ato contra a saída da presidente Dilma teve 42 mil pessoas no Vale do Anhangabaú.

O QUE ACONTECE AGORA

O processo seguirá para o Senado dias após a votação (possivelmente, entre 18 e 19 de abril) e uma comissão será formada para avaliá-lo. Só o Senado pode processar e julgar um presidente da República.

É preciso avaliar de novo?

Sim. O trabalho no Senado é diferente do que já foi feito, uma vez que a comissão da Câmara só avalia a admissibilidade, ou seja, se o processo tem condições ou não de seguir. A comissão do Senado deve se reunir entre os dias 21 de abril e 02 de maio. O parecer final é encaminhado ao plenário para uma nova votação. O processo só deve continuar se 41 dos 81 senadores (maioria simples) concordarem com ele.

E se o Senado aceitar o pedido?

A presidente é afastada por um período de 180 dias e o vice-presidente Michel Temer assume o cargo. Dilma recebe um prazo de 20 dias para apresentar nova defesa.

Dilma deve deixar o Palácio da Alvorada?

Não. Como explica Flávio de Leão Bastos Pereira, professor de Direito Constitucional do Mackenzie, a presidente não é obrigada a deixar a residência oficial durante o período que não exerce a presidência. Durante o afastamento, no entanto, ela recebe apenas metade de seu salário (que atualmente é de R$ 30.934,00).

E por quanto tempo o Senado pode julgar a presidente?

Os senadores dispõem de 180 dias para julgar se Dilma é responsável pelos crimes de responsabilidade apontados no processo. Se eles decidirem usar todo o tempo, o processo termina em outubro deste ano.

Como funciona a votação final?

A sessão é presidida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal. O impeachment é aprovado se dois terços dos senadores (54 dos 81) votarem a favor. Se Dilma for condenada, perde o mandato e se torna inelegível por oito anos. Se for absolvida, volta automaticamente ao cargo e recebe o valor que deixou de receber enquanto estava afastada.

UOL, e Folha de SP

Pernambuco deve dar voto decisivo para o impeachment


Com base nos votos já dados durante a votação sobre o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara até as 20h10 deste domingo (17), o 342º voto decisivo para aprovar o pedido será dado por um deputado de Pernambuco.

O cálculo considera que todos os deputados que se disseram a favor do impeachment no levantamento da Folha de S.Paulo não mudem de posição.

Se todos os deputados que não assumiram a posição e até este momento não votaram forem contra o impeachment, se abstiverem ou faltarem, o voto que definirá a aprovação do processo será de Gonzaga Patriota (PSB).

Já se todos eles votarem a favor, a decisão virá mais cedo, com Augusto Coutinho, do Solidariedade.

Folha Press

Caso impeachment seja aberto, Lula e Dilma vão investir em agenda internacional para denunciar “golpe”



O advogado Sigmaringa Seixas, principal ouvido do PT para assuntos jurídicos, sugeriu a Lula o que ele e Dilma devem fazer durante os 180 dias de julgamento do processo de impeachment pelo Senado — isso, é claro, se o processo for aberto hoje pela Câmara.

A proposta é que Lula e Dilma percorram os EUA e Europa em encontros com líderes locais. Ali, denunciariam o “golpe” em curso no Brasil e tentariam mobilizar uma reação internacional contra a saída de Dilma. Lula gostou da ideia.



Lauro Jardim

Terremoto no Equador deixa ao menos 77 mortos e 588 feridos



Pelo menos 14 mil agentes da Força Pública do Equador foram mobilizados depois que o país decretou estado de emergência devido a um terremoto de 7,8 graus na escala Richter, registrado na tarde de sábado (16) . Até o momento, dados oficiais indicam que há pelo menos 77 mortos e 558 feridos.

O estado de emergência se aplica a seis regiões administrativas do Equador – Esmeraldas, Manbí, Santa Elena, Guayas, Santo Domingo e Los Ríos – e permite a destinação de recursos financeiros, a mobilização de forças de segurança pública e a centralização de informações sobre os danos provocados, informou o vice-presidente Jorge Glas.

Na ausência do presidente Rafael Correa, que se encontrava em viagem oficial em Roma, Glas liderou o Comitê Nacional de Operações de Emergência, na capital Quito.

Os locais mais afetados são Pedernales e Portoviejo, em Manbí. Segundo Jorge Glas, o terremoto de ontem é considerado o mais forte desde 1979.

Até o momento, foram deslocados 10 mil agentes das forças armadas e 300 bombeiros a Manabí, dos quais 200 exclusivamente a Pedernales, além de 3,5 mil membros da Polícia Nacional para Manabí, Esmeraldas, Guayas e Santa Elena.

O governo também mobilizou recursos do Ministério de Transporte e Obras Públicas e do Ministério da Saúde para esses locais locais. Um hospital móvel foi montado em Pedernales.

O ministro do Turismo, Fernando Alvarado, informou que toda a força aérea nacional (aviões das empresas públicas Petroamazonas, PetroEcuador, Tame, helicópteros da Polícia e Forças Armadas) está pronta para se deslocar, conforme for necessário. Os aviões da Tame estão transportando policiais, médicos, bombeiros e membros da Cruz Vermelha para as áreas mais afetadas.

Segundo informações do vice-presidente, não exise alerta de Tsunami e as pessoas que evacuaram suas residências por precaução podem regressar, já que o alerta de prevenção emitido foi suspenso. Jorge Glas informou também que os organismos internacionais de assistência a emergências estão alertas; que nenhuma estrutura de represas foi afetada e que a energia em Manabí está sendo restabelecida paulatinamente.

Glas instou a população a manter calma e a buscar informações e alertas nos canais oficiais do Ministério de Segurança (www.seguridadec.gob.ec), na Secretaria de Gestão de Riscos (www.gestionderiesgos.gob.ec) e, em caso de emergência, informar pelo 911.



Agência Brasil

Prêmio acumula e Mega-Sena poderá pagar R$ 90 milhões na quarta-feira



Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do Concurso 1.809 da Mega-Sena, cujo sorteio foi realizado na noite deste sábado (16), em São Paulo. Assim, o prêmio principal acumulou e a loteria da Caixa Econômica Federal poderá pagar R$ 90 milhões na próxima quarta-feira (20).

Os números sorteados foram 09, 12, 23, 24, 46 e 54. Confira suas cartelas porque milhares de pessoas ganharam premiações secundárias acertando quatro ou cinco dezenas. Na Quina, 188 apostas levaram R$ 26.361,78, enquanto, na Quadra, 13.704 ganharam R$ 516,63.



IG


sábado, 16 de abril de 2016

Namorada de Dani Alves sai em defesa do atleta após vídeo polêmico





A modelo Joana Sanz, namorada do lateral Daniel Alves, saiu em defesa do brasileiro em sua conta no Instagram após as críticas ao vídeo feito por ele após a eliminação do Barcelona na Liga dos Campeões da Europa.

“Se todos tivessem sua filosofia de vida, seriam mais felizes. O mundo não acaba nas derrotas, senhores… Não se vão pouco mais do que lamentos, o que menos precisamos é nos pressionarmos psicologicamente olhando para o passado, mirando o que poderia ter acontecido e não foi… Vai mudar algo? Já está feito, já passou, as lágrimas ficaram para trás. Seja positivo, meu amigo.”, escreveu a namorada do jogador, que complementou.

“Minimizar os problemas para poder enfrentar outros com a melhor energia possível não quer dizer que você dê menos ou mais valor para o que aconteceu, só mostra que você tem força para seguir em frente e não ser consumido pelo imutável. Lutemos por ser melhores de manhã do que poderíamos ter sido ontem. Aprendam um pouco a não julgar as pessoas por ser felizes, sejam felizes! Como diz meu marido, as pessoas felizes não incomodam.”

No polêmico vídeo, Dani Alves se passa pela modelo e faz comentários relacionados ao jogo que decretou a queda do Barcelona na principal competição continental.


“É só um jogo de futebol. Não acontece nada, a vida segue”, declarou o jogador em um trecho do vídeo.

A brincadeira não pegou bem entre os dirigentes e torcedores do clube, que cogitam punir o atleta e começar a controlar as redes sociais dos jogadores. Após o pronunciamento do Barcelona, o atleta postou um desabafo em sua rede social.

“Se o seu descanso são as minhas lágrimas, viverão cansados! Minha fortaleza é sua fraqueza, minha alegria é sua frustração, meu sentir é seu pesar, meu viver é seu morrer. Se não pode me amar, me ignore, seu ódio só trará danos a você mesmo. Sou muito mais forte do que aparento ser. Não permitam que manipulem suas vidas, que os utilizem para criar ódio, discórdias e depredadores de algo, ser livre é uma das coisas mais incríveis da vida, não os deixem levar como marionetes, vocês não são tão medíocres assim. Ou são? (A verdade é que tenho dúvidas). Sejam felizes, não sejam medíocres. Amo o Barça e amo meus colegas de equipe”, escreveu o lateral.



UOL

Em rede social, Temer fala como presidente e garante que manterá Bolsa Família


O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou por meio da rede social Twitter ser “mentira rasteira” a acusação de que acabaria com o programa Bolsa Família. Ele fez ainda elogios à Operação Lava-Jato e defendeu a unificação e pacificação. As mensagens de Temer nas redes sociais foram feitas um dia depois da divulgação de vídeos da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em que denunciam usurpação de poder e classificam o impeachment como “aventura golpista”.

Temer chegou a Brasília no fim da manhã deste sábado e está, no início desta tarde, no Palácio do Jaburu, recebendo aliados e parlamentares. O ex-ministro da Aviação Civil Eliseu Padilha e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), também presidente do PMDB, são alguns dos políticos que estão com Temer. Inicialmente, o vice-presidente permaneceria em São Paulo no fim de semana, mas o PMDB resolveu reforçar as negociações após a ofensiva do governo, que conseguiu reverter alguns votos de deputados antes favoráveis ao impeachment. As publicações do vice-presidente aconteceram entre as 7h30 e 7h43 deste sábado, enquanto a Câmara ainda discutia o impeachment na sessão iniciada às 8h55 de sexta-feira,completando mais de 24 horas de falas dos deputados.

Temer ainda usou a rede para elogiar a Operação Lava-Jato, dizendo reconhecer os “serviços importantes” prestados pela Polícia Federal. Afirmou que, como jurista, sabe o papel fundamenta da Justiça e do Ministério Público.



Blog do BG

24% abrem mão de falar para abreviar sessão do impeachment, diz líder



Cerca de 60 deputados, opositores da presidente Dilma Rousseff e pertencentes a 14 diferentes partidos, abriram mão de falar na sessão que antecede a votação do impeachment neste domingo, informou neste sábado o líder do PTB, Jovair Arantes (GO). O objetivo, disse o deputado, é garantir o horário previsto para a votação, às 14h.

Até agora, já haviam se inscrito para falar, por até 3 minutos, 252 deputados, dos quais 173 favoráveis ao impeachment e 79 contrários. Os que desistiram dos discursos representam 23,8% deste total. Abriram mão de falar somente aqueles deputados contrários a Dilma que já se manifestaram nos debates iniciados nesta sexta no plenário.

Além desses, os líderes desses 14 partidos, que têm direito a até 10 minutos de fala, também deixarão de discursar. Assinaram o acordo deputados do PPS, PSDB, PSB, PSD, PTB, DEM, PSL, SDD, PRB, PROS, PSC,PHS, PV e PTN.

O temor dos partidos, segundo Arantes, é que a votação começasse só às 0h de segunda, se todos mantivessem seus discursos. Ele negou que os cortes possam prejudicar o convencimento de deputados indecisos.

“Ficamos três dias e duas noites debatendo sobre todos os temas. Os partidos pró-impeachment estão pensando na sociedade brasileira para o que resultado saia amanhã. Os partidos que são contra o impeachment, o PT e seus aliados, evidentemente não querem abrir mão de nada, não querem que vote o impeachment”, afirmou.



G1/DF

Peru anuncia 1º caso de transmissão sexual de vírus Zika


Autoridades peruanas de saúde divulgaram neste sábado o primeiro caso de transmissão sexual do vírus Zika no país, depois que um morador em viagem à Venezuela contraiu a doença e depois infectou sua esposa ao retornar ao Peru.

O ministro da Saúde do Peru, Anibal Velasquez, afirmou que uma mulher de 32 anos foi infectada pelo vírus após relações sexuais com seu esposo, que tinha contraído a doença em Monagas, na Venezuela.

Este é o sétimo caso do vírus Zika detectado no Peru e o primeiro a ser transmitido sexualmente no país, disse o ministério. Traços do Zika foram encontrados no sêmen e o casal está se recuperando da doença, acrescentou.

Terra

Financiadores pressionaram deputados por retirada de apoio a Dilma


A pressão dos movimentos pró-impeachment, com bullying nas redes sociais e no WhatsApp, até ajudou. Mas o que pesou mais para a debandada de partidos como PP, PSD e PR do apoio ao governo na semana decisiva do impeachment foi a ação direta de financiadores de campanha e grandes grupos econômicos sobre os indecisos e os que pretendiam votar com Dilma.

Pesos-pesados dos setores produtivo e financeiro e representantes de entidades de classe como Fiesp, CNI, CNA e CNT telefonaram pessoalmente para uma lista de parlamentares para exigir daqueles que sempre ajudaram apoio à deposição da presidente.



Veja

Rosberg aproveita problemas de Hamilton e larga na frente no GP da China; Massa larga em 11º




Com o pole position das duas primeiras corridas do campeonato fora de combate logo no início do treino, Nico Rosberg se aproveitou e vai largar na frente no GP da China. Daniel Ricciardo, da Red Bull, surpreendeu e vai largar em segundo, à frente de Kimi Raikkonen, da Ferrari.

Com problemas na unidade de potência da Mercedes e uma punição pela troca do câmbio, Lewis Hamilton vai largar na última colocação. Já os dois brasileiros ficaram de fora do treino na segunda parte da classificação: Felipe Massa se classificou em 11º, mas vai largar em 10º, beneficiado por uma punição a Nico Hulkenberg, e Felipe Nasr sairá do 16º lugar no GP que tem largada às 3h da madrugada de domingo, pelo horário de Brasília.



UOL

Na Câmara, 68% dos inscritos para discursar neste sábado apoiam impeachment


As inscrições para discutir o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na sessão da Câmara dos Deputados deste sábado (16) foi encerrada com 249 parlamentares pedindo a palavra. Destes, 170 são favoráveis ao afastamento da presidente e apenas 79 são contrários à ideia.

Os deputados inscritos terão três minutos cada para falar, totalizando aproximadamente 13 horas de discursos. A Secretaria-Geral da Mesa estima que haverá três sessões extraordinárias, entre 11h de sábado e 2h da madrugada de domingo (17). É possível que não haja tempo para todos falarem.

Em sessão mais esvaziada do que em dias normais de votação, os parlamentares da Casa usaram na tarde desta sexta-feira (15) o tempo de uma hora por partido para expor a opinião da bancada sobre o impeachment. Representantes de bancadas como o PMDB, do governo, do PSDB, do PV e do PSD utilizaram parte do tempo dos líderes.

Os deputados acreditam que a sessão no plenário só deve voltar a encher no domingo. No cronograma, a partir das 14 horas acontecerá a sessão de votação do parecer. O relator Jovair Arantes (PTB-GO) terá 25 minutos para se pronunciar e os líderes falarão novamente em seguida. O início da votação está previsto para as 15h, e cada deputado terá apenas 10 segundos para manifestar o seu voto ao microfone.

Ainda nesta sexta-feira (15), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), negou o pedido do advogado geral da União, José Eduardo Cardozo, para realizar uma nova defesa da presidente Dilma Rousseff, após a apresentação do relatório do impeachment no plenário da Câmara.



IG

“Ninguém fala mais de Eduardo Cunha”, diz ex-promotor de tribunal internacional





“Para mim, no Brasil hoje é fascinante que o presidente da Câmara dos Deputados (do Brasil) esteja altamente envolvido em corrupção e ninguém fale disso”, diz à BBC Brasil Luis Moreno Ocampo, ex-promotor do Tribunal Penal Internacional, em referência ao fato de as acusações contra Eduardo Cunha terem saído dos holofotes em meio ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O presidente da Câmara, que é réu da Operação Lava Jato, nega as acusações de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.

“Ele (Cunha) está lá, sem problemas. O que é isso? Para mim é importante que seja discutido como lidar com as questões que realmente importam para o Brasil. Não é sobre um partido contra o outro, mas sobre achar uma forma de reduzir a corrupção, pois essa é a forma de tornar o Brasil melhor”, prosseguiu Ocampo.

“É importante encontrar opções políticas em todos os partidos que sejam limpas. O que precisamos nos nossos países (latinos) é a coalizão de diferentes partidos para fazer com que todos respeitem os limites.”

Ocampo, advogado argentino que trabalhou como promotor do Tribunal Penal Internacional da ONU entre 2003 e 2012, é um renomado especialista em direitos humanos, governança e corrupção.

Em entrevista na Universidade de Basileia, após painel sobre corrupção no futebol, Ocampo falou sobre o cenário político brasileiro e elogiou o trabalho do Judiciário e a Operação Lava Jato.

“O Judiciário no Brasil está conduzindo uma investigação muito difícil e fazendo-o com muita eficiência. O impacto disso vai depender de como a classe política administra o problema”, avalia.

BBC Brasil


Fumantes ganham menos e ficam mais tempo desempregados




Vários estudos nos Estados Unidos e na Europa mostram que há mais fumantes entre os desempregados do que entre as pessoas que trabalham. Eles só não sabem dizer se o cigarro é a causa do desemprego ou se não trabalhar leva as pessoas a fumarem mais. Mas uma coisa está ficando mais clara: quem fuma e está procurando emprego tem mais dificuldade de se recolocar do que quem passa longe do cigarro. Foi o que descobriram pesquisadores da Universidade Stanford, que acompanharam fumantes e não fumantes que procuravam emprego durante um ano.

Depois de acompanhar 217 pessoas que perderam o emprego, os pesquisadores chegaram à conclusão de que quem não fuma tem uma chance 30% maior de conseguir um novo trabalho do que os fumantes. Depois, eles consideraram outros fatores que também afetam na empregabilidade, como gênero, antecedentes criminais e moradia estável. Mesmo descontando essas fatores, o uso do cigarro ainda tornava 24% mais difícil arranjar um novo emprego.

Os fumantes não só ficam mais tempo desempregados, como ganham menos. Quem fumava e voltou a trabalhar ganha em média 5 dólares a menos por cada hora trabalhada do que seus colegas não fumantes – em um ano, são mais de 8 mil dólares de prejuízo. É possível que a dificuldade dos fumantes no mercado de trabalho seja explicada em parte pelo alto custo que eles podem representar para os empregadores. O hábito de fumar é associado a maiores gastos com saúde, improdutividade e absenteísmo (aquela saidinha para fumar durante o horário de trabalho). Mas é bem provável que ela reflita também um crescimento na intolerância com esse hábito.

Fonte: Gláucia Lima

Emojis: cuidado... você pode estar fazendo isso errado!




Os emojis como conhecemos hoje percorreram um longo caminho até ficarem assim, cheios de cores e e referências culturais do mundo inteiro.

A onda começou em meados dos anos 1990, quando um japonês chamado Shigetaka Kurita deu uma gambiarra nos velhos bipes para que as pessoas pudessem enviar coraçõezinhos junto de suas mensagens escritas. A ideia era simples: a comunicação em texto gera confusão. Sem ouvir o tom de voz ou ver a expressão de quem está falando, a gente pode deduzir que uma pessoa está brava quando está brincando ou vice-versa.

O coraçãozinho de Kurita fez tanto sucesso que hoje é quase impossível passar um dia inteiro na internet sem receber emojis. Falamos em “quase” porque, às vezes, milagres acontecem.

Agora uma pergunta importante: tem certeza que você conhece o real significado dos emojis que usa?

De acordo com a Emojipedia (sim, existe uma enciclopédia explicando um por um!), muita gente está passando vergonha por aí.

 
Essas mãozinhas unidas são de uma pessoa só, e não um “toca aí, miga!”. Também errou quem achou que o emoji foi concebido para sinalizar uma reza. No Japão, as pessoas fazem este gesto para pedir desculpas ou expressar gratidão por algo.


Sabe essa menina que aparentemente está dizendo “sou linda” ou “arrasei!”? Então. Na realidade, a figurinha está carregando uma bandeja imaginária (sim, rs) e foi criada para sinalizar que você está às ordens para ajudar alguém!


E a colega aqui com as mãos na cabeça definitivamente não está desesperada porque esqueceu roupa no varal e muito menos quer imitar bailarina. Ela simplesmente está dizendo “OK” com o corpo inteiro, tipo aquele sinal que os americanos fazem com a mão e no Brasil significa outra coisa (que vamos deixar para lá).


Essa imagem que amamos mandar para a melhor amiga, no Japão, não é sinal de amizade não. Miga, sua louca! Isso aqui é o símbolo das Bunny Girls, meninas que amam esse lance de animes e que os japoneses acham super sexy.


E esse cara aqui, definitivamente, não está pensativo ou deprimido. Ele está movendo a cabeça para baixo porque os japoneses usam esse gesto quando querem pedir desculpas ou pedir o famoso favorzão.


Essas mãos não estão dizendo “calma lá”, “sai daqui” ou “pare”. A grande verdade é que elas foram desenhadas para sinalizar que você está pronto para dar um abraço.


Agora, um tema polêmico. O adorável cocô sorridente que gostamos de usar para dizer que algo está muito mal é simplesmente um ícone de sorte para os japoneses. Tipo “boa sorte, toma aqui esse cocô!”


E por incrível que pareça, este emoji que parece uma pizza tem outro signific... Brincadeira, é uma pizza sim.

Trama realista, "Velho Chico" coleciona absurdos; veja lista


Exibida há um mês, "Velho Chico" vem conquistando elogio de crítica e público pela história clássica, ritmo rápido da narrativa, boas atuações e produção caprichada. Não só pelos acertos, entretanto, a novela está despertando atenção.

Situações inverossímeis, falhas de continuidade e absurdos para um folhetim datado, que se inicia em 1968 e chega aos dias atuais em sua segunda fase, já foram percebidos no pouco tempo que a trama está no ar.

A seguir, o UOL lista erros, exageros e casos surreais que exemplificam como a pretensa liberdade poética de "Velho Chico", uma fábula com toques de realismo, ultrapassou em muito o limite do bom senso.

Reprodução/TV Globo
De época, mas nem tanto

"Velho Chico" dá a impressão de estar estar perdida no tempo. Com seus turbantes e vestimentas de época, empregadas da novela estariam perfeitamente caracterizadas se estivessem em "Escrava Isaura". No entanto, o processo de abolição da escravatura já havia começado 80 anos antes com a Lei Áurea. A moda da trama parece ter ficado presa ao passado, ignorando novos hábitos e 
costumes

Reprodução/TV Globo
Novela fora da realidade

Ambientada no fim da década de 1960, a novela ignorou em seu início a popularidade de uma tecnologia que já havia chegado no Brasil há pelo menos 18 anos: a televisão. A TV Tupi já fazia história, com novelas como "Beto Rockfeller", a Record comemorava o sucesso da "Família Trapo" e até mesmo a Globo já havia iniciado sua transmissão, mas a família rica do coronel Afrânio não tinha um aparelho de TV. A bem da verdade, a decoração da sala não condizia com o tempo em que se passava a primeira fase da novela - mais parecendo um antiquário, com velhos gramofones e um telefone de disco

Reprodução e Caiuá Franco/Globo/Divulgação
Mesma pessoa?

O bom vivant, mulherengo e estudante de direito, que se viu obrigado a assumir os negócios da fazenda com a morte do pai, se transformou em um autoritário e debochado coronel. As mudanças de Afrânio foram além do cabelo (de encaracolado para liso) e do estilo de roupa, mas afetaram a própria personalidade do personagem. Como notou Flávio Ricco, do UOL, a impressão que dá é que o ator Antônio Fagundes não assistiu aos capítulos com Rodrigo Santoro - e se assistiu, não se importou nem um pouco em mudar radicalmente o jeito do personagem.

Reprodução/Rede Globo
Azul ou verde?

Um aparente erro de continuidade da novela fez os telespectadores ficarem confusos. Em uma sequências de cenas, Antônio Fagundes surge ora usando um paletó azul ora verde. A direção da trama não notou a gafe, mas o público percebeu e alertou o colunista Maurício Stycer, do UOL, sobre o casacão "bicocolor" do coronel
Reprodução/TV Globo
Dá pra acreditar?

Na primeira fase, Maria Tereza deveria estar na faixa dos 16 anos. Vinte e oito anos depois, a atriz Julia Dalavia sai da cena para entrar Camila Pitanga no lugar da personagem, que na trama já teria 44 anos. Muito inverossímil, levando-se em consideração que Pitanga está com 38 anos. Mais surreal ainda pensar que a personagem tem um filho de 28 anos, apenas 10 anos a menos do que a atriz na vida real. Curiosamente, Letícia Sabatella, que desistiu de participar da novela, tem os exatos 44 anos de Maria Tereza.

Conteúdo UOL

Casa das Palavras inaugura mais duas mini-bibliotecas no Estado





O projeto de compartilhamento de livros Casa das Palavras plantará mais duas mini-bibliotecas no RN nesta segunda-feira (18), data que é comemorado o Dia do Livro. Uma delas será inaugurada aqui em Natal, na Escola Estadual União do Povo, localizada no bairro de Cidade Nova. A outra será fixada na Praça Pública do município de Rafael Fernandes, no Alto Oeste Potiguar, e foi fruto da campanha “Troque livros por uma biblioteca”. A ONG Mãos arrecadou 221 livros e recebeu a mini-biblioteca gratuitamente para instalação.

As minibibliotecas procuram envolver os cidadãos de todas as idades com a leitura, tentando desenvolver e criar competências, conhecimento e criatividade para todos que se envolvam e se encantem com a possibilidade de ter, de forma fácil e democrática, um livro para ler. O projeto Casa das Palavras já instalou 17 casinhas artesanais no Rio Grande do Norte, com o objetivo de democratizar a leitura e fortalecer a cidadania.



Blog do BG

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Após Solidariedade entrar com uma ação no STF, Dilma cancela pronunciamento sobre impeachment na TV e rádio



O Palácio do Planalto decidiu adiar o pronunciamento que a presidente Dilma Rousseff faria esta noite para defender seu mandato. A cúpula do governo ainda não decidiu se a cadeia de rádio e TV será convocado para amanhã ou se ela se posicionará apenas em redes sociais, como fez algumas vezes no ano passado como forma de evitar os panelaços.

A decisão foi tomada depois que o partido Solidariedade entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a veiculação da fala de Dilma. O Planalto resolveu adotar a cautela e quer aguardar os desdobramentos dessa ação para então decidir o destino do pronunciamento, que pode ficar restrito às redes sociais.

A avaliação dentro do governo é que se a Justiça Federal barrasse o pronunciamento, geraria mais um fato negativo para Dilma, tudo o que o governo não quer neste momento.

O Globo

Governo propõe salário mínimo de R$ 946 em 2017



O governo federal propôs que o salário mínimo, que serve de referência para mais de 48 milhões de pessoas no Brasil, suba dos atuais R$ 880 para R$ 946 a partir de janeiro de 2017, com pagamento em fevereiro do próximo ano.

O percentual de correção do salário mínimo, pela proposta, será de 7,5%. Se confirmado, esse índice deverá cobrir apenas a inflação do período, ou seja, não haverá aumento real do mínimo.

A informação consta na proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) divulgada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O documento vai ser enviado ao Congresso Nacional nesta sexta-feira (15).

Para 2018 e 2019, respectivamente, o governo estimou que o salário minímo seja de R$ 1.002 e de R$ 1.067, levando em consideração o sistema de correção que está em vigor.

Formato de correção


Hoje, para chegar ao percentual de correção do salário mínimo, soma-se a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano ano anterior, calculado pelo IBGE, e o resultado do PIB de dois anos antes. O objetivo é proporcionar ganhos reais – acima da inflação – aos assalariados, mas somente se o PIB tiver crescimento.

Essa fórmula tinha validade até o ano passado, mas o governo enviou uma Medida Provisória ao Congresso – depois aprovada – estendendo este formato de correção até 2019.

Como o Produto Interno Bruto (PIB) teve uma forte contração de 3,8% em 2015 – ano que serve de parâmetro para o salário mínimo em 2017 – a correção do mínimo no ano que vem levará em conta, pela fórmula adotada, somente o valor da inflação deste ano. Com isso, não haverá alta real (acima da inflação) do salário mínimo no ano que vem.

Valor ainda pode mudar


Esse valor proposto para o salário mínimo em 2017 pelo governo federal, entretanto, ainda pode ser alterado no futuro, com base nos parâmetros estabelecidos para sua correção (crescimento do PIB do ano de 2015 e da inflação, medida pelo INPC, deste ano).

No ano passado, o PIB teve forte contração de 3,8% (a maior em 25 anos) e, para a inflação medida pelo INPC, a última previsão do mercado financeiro, feita na semana passada, é de uma alta de 7,27%.

Salário mínimo necessário


Segundo cálculo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) o salário mínimo necessário para suprir as despesas de uma família de quatro pessoas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência deveria ser de R$ 3.736,26 em março deste ano.

G1

Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte recebe vários eventos neste fim de semana




Foto: Marco Polo

Tem evento para todo gosto e tem muito aprendizado e solidariedade também. O cenário é o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, que recebe neste sábado(16) e domingo(17) uma turma que vai começar a oficina de mosaicos, com o mosaicista Sol das Oliveiras Leão, um artista múltiplo com trabalhos musicais, é faixa preta de aikidô e faz massagem ayuvédica.

A oficina, gratuita, é beneficiada pelo Fundo de Incentivo à cultura de Natal (FIC) e vai acontecer no período de 16/04 a 08/05, aos sábados de domingos, das 14h às 18h. A inscrição deve ser feita pelo e-mail seteasas@gmail.com, informando o nome, telefone e e-mail. Haverá seminários teóricos e oficinas práticas de produção de mosaico individuais e um grande painel coletivo reunindo as maiores riquezas do local. Esta é a segunda edição do projeto, após a construção de um painel no município de Cerro-Corá E Rio Branco, no Acre.

No domingo(17) serão três os eventos que acontecerão no Parque da Cidade. A continuação da aula de mosaico será à tarde. Mas, a partir das 8h, o projeto “Som do Bem” vai animar a manhã de domingo com exercício funcional, alogamento, Kung Fu, aula de dança, Pilates e palestra sobre vida saudável. O grupo que promove o projeto “Exercitando o Bem” está vendendo camisetas, por R$20,00, para custear as ações do projeto que são realizadas nas comunidades carentes. É chegar, comprar a camiseta e participar do momento de solidariedade.

Já no auditório do Parque da Cidade, a especialista em Síndrome de Down, Gisele Fontes, vai conversar com pais, familiares, profissionais da saúde e da educação, além de pessoas interessadas no assunto, das 9h às 16h. Ela vai tirar todas as dúvidas em como lidar com o assunto, seja no seio familiar ou no trabalho e no atendimento às pessoas com Síndrome de Down.

A entrada e estacionamento no Parque da Cidade são grátis, porém, os eventos “Exercitando o Bem” e “Conhecendo e Compreendendo a Síndrome de Down” são promovidos por particulares e cobrada a participação de cada um.



Blog do BG

quinta-feira, 14 de abril de 2016

ABC x Alecrim: Os ingressos para a final do 2º turno do Estadual já estão à venda com promoção até esta sexta-feira


O ABC fará a final do 2º turno do Campeonato Potiguar neste sábado (16), quando enfrentará o Alecrim. A partida está marcada para às 16h e os ingressos já estão à venda com valores promocionais até esta sexta-feira (15).

INGRESSO PROMOCIONAL

Os ingressos para o Setor Leste custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Valor promocional válido até esta sexta-feira (15).

As mulheres poderão adquirir o seu ingresso por apenas R$ 10,00. Promoção válida até o dia do jogo.

A partir de sábado (16), dia da partida, os ingressos para o Setor Leste terão o valor cheio, custando R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).

Para o setor de Cadeira Premium, os valores são de R$ 70,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia).

Os ingressos também estão disponíveis no site da Arena das Dunas, até o dia da partida, com 10% de desconto: https://arenadunas.com.br/.

Crianças de até 12 anos de idade têm entrada gratuita. Estudantes, idosos, professores, portador de necessidade especial e seu acompanhante, podem adquirir o seu ingresso com o valor de meia entrada.

Os pontos de venda em funcionamento nesta sexta-feira (15), são: SterBom (Midway), Sterbom (Shopping Natal Sul), On Line For Men (Norte Shopping e Via Direta), Gol Mania Store, Espaço Sócio Mais Querido e, até o dia da partida, na Arena das Dunas.

PREÇOS

Setor Leste – Até sexta-feira (15) – Promocional:
R$ 20,00 / R$ 10,00

Setor Leste – Mulher:
R$ 10,00

Setor Leste – Sábado (16) – Somente na Arena das Dunas:
R$ 40,00 / R$ 20,00

Cadeira Premium:
R$ 70,00 / R$ 35,00

PONTOS DE VENDA

SterBom – Midway:
Sexta-feira (15): das 10h às 22h.

SterBom – Shopping Natal Sul:
Sexta-feira (15): das 9h30h às 17h30h.

On Line For Men – Norte Shopping:
Sexta-feira (15): das 10h às 22h.

On Line For Men – Via Direta:
Sexta-feira (15): das 10h às 21h.

Gol Mania Store – Av. Prudente de Morais:
Sexta-feira (15): das 8h às 18h.

Espaço Mais Querido – Frasqueirão:
Sexta-feira (15): das 9h às 18h.

Vendas Online: www.arenadunas.com.br

Com informações do site do ABC

Governo do RN lamenta decisão do PT de rompimento


NOTA
Natal (RN), 14 de abril de 2016.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte lamenta a decisão do Partido dos Trabalhadores (PT) de afastar-se da coalizão político-administrativa estadual, materializada no pedido de exoneração dos cinco secretários e do diretor geral indicados pela legenda.

Desde o início da atual gestão, os secretários contribuíram de forma inquestionável para realização de projetos e ações do Governo Robinson.

O Governo agradece aos secretários e ao partido a parceria e o trabalho desenvolvido.



Reprodução do Blog do BG

Mercado prevê déficit de R$ 100,4 bi nas contas do governo central




O mercado financeiro piorou suas projeções para o comportamento das contas públicas em 2016 e 2017. O boletim “Prisma Fiscal” de março, divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Fazenda, mostra que os analistas esperam que o governo central (formado por Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) termine o ano com um déficit primário de R$ 100,450 bilhões. No mês anterior, essa projeção era de R$ 79,743 bilhões. Para 2017, a estimativa agora é de um rombo de R$ 103,514 bilhões, contra R$ 71,329 bilhões no boletim de fevereiro.

Com esse cenário, a trajetória esperada para a dívida bruta do governo geral também piorou. Os analistas ouvidos pela Secretaria de Política Econômica (SPE) da Fazenda para compor o “Prisma Fiscal” preveem que esse endividamento terminará 2016 em 74,35% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de bens e serviços produzidos no país) e baterá em 80% do PIB no ano seguinte. Na projeção anterior, a dívida bruta ficaria em 74,15% este ano e subiria para 78,75% em 2017.

A deterioração fiscal, segundo os analistas, virá de uma combinação de queda nas receitas e de aumento nas despesas públicas. A projeção para as receitas líquidas do governo em 2016 está agora em R$ 1,093 trilhão, o que representa uma queda de 0,82% em relação à estimativa de fevereiro, de R$ 1,102 trilhão. Para 2017, o número também ficou menor. Ele agora é de R$ 1,159 trilhão, contra R$ 1,190 trilhão em fevereiro, diminuição de 2,6%.

Para as despesas, a expectativa do mercado é de alta. Os especialistas agora preveem que os gastos totais do governo ficarão em R$ 1,194 trilhão em 2016, contra uma estimativa de R$ 1,184 trilhão no levantamento anterior, o que representa um aumento de 0,84%. Para o ano que vem, a expectativa é de R$ 1,279 trilhão, contra uma previsão de R$ 1,268 trilhão no mês passado.

O Globo

Abin confirma ameaças do Estado Islâmico ao Brasil



Um integrante da organização terrorista Daesh (nome árabe do grupo que se autointitula Estado Islâmico) postou em sua conta pessoal no Twitter uma ameaça ao Brasil.

A mensagem “Brasil, vocês são nosso próximo alvo” foi postada em novembro do ano passado, logo após os atentados que deixaram 129 mortos e dezenas de feridos, na França, mas só nessa quarta-feira (13) a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) confirmou a autenticidade do perfil e da mensagem.

Embora alguns poucos sites tenham divulgado a existência da mensagem já à época, como o da rádio francesa Tendance Ouest, no Brasil o assunto só foi tornado público ontem (13), após o diretor do Departamento de Contraterrorismo da Abin, Luiz Alberto Sallaberry, confirmar as suspeitas.

Ao proferir palestra na Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa, em São Paulo, Sallaberry falou sobre as estratégias do Daesh para recrutar seguidores e ordenar atentados pelas redes sociais.

O diretor da agência de inteligência também tratou das possíveis ameaças terroristas aos Jogos Olímpicos Rio 2016 e dos riscos aos quais o Brasil está exposto atualmente.

Sallaberry não só revelou que a agência de inteligência já tinha confirmado a autenticidade da ameaça divulgada pelo francês Maxime Hauchard, como também informou que a probabilidade de o Brasil ser alvo de ataques terroristas elevou-se nos últimos meses, por causa dos eventos ocorridos em outros países e do aumento do número de brasileiros que têm aderido à ideologia do Daesh.

A reportagem não obteve detalhes sobre ligações entre brasileiros e o grupo terrorista.

Segundo o diretor de Contraterrorismo da Abin, a agência tem adotado ações para evitar possíveis ataques terroristas, como o intercâmbio de informações com serviços estrangeiros, a capacitação de profissionais de setores estratégicos e trabalhos com órgãos integrantes do Sistema Brasileiro de Inteligência, em especial com os eixos de segurança pública e defesa.

Conhecido como “o carrasco”, o francês Maxime Hauchard é suspeito de ser um dos terroristas que aparecem em vídeos que exibem a decapitação de pessoas sequestradas ou feitas prisioneiras pelo Daesh, sobretudo soldados sírios.

Os sites que primeiro divulgaram a informação, logo após a mensagem ter sido postada, observaram que o usuário havia criado o perfil pouco tempo antes dos ataques à França. Atualmente, a conta está desativada.

Exame

Novo rival do WhatsApp ‘dedura’ onde pessoas estão


Spotchat é um aplicativo de mensagens para Android e iOS baseado em localização, que permite conversar com pessoas que estão em um mesmo local. Com o app é possível saber quais pessoas estão no mesmo local que você e conversar com elas como se estivesse em uma sala de bate papo. Para interagir com essas pessoas, o usuário precisa apenas fazer um checkin.

O programa utiliza interface com mix das principais cores do Facebook com o padrão visual do Instagram. O resultado é um visual agradável, familiar e fácil de usar, onde é possível ver os canais mais populares, os canais do usuário e aqueles que estã próximos.

Apesar de permitir chats públicos, o app permite bate papo privado. Isso certamente irá agradar aqueles que precisam ter uma conversa em um cantinho, bem longe dos olhos dos outros participantes.

E se no meio de tanta conversa os chat privados estiverem perturbando, o programa possui uma opção que serve para silenciar todos eles de uma única vez. Bem prática e útil essa função.

A entrada no programa é feita através de uma conta do Facebook. Embora seja bastante popular, seria bem legal se o programa suportasse outras redes como Twitter, Google+ e etc.

Prós

Possui um visual agradável, familiar e fácil de usar
Permite bate papo privado
Permite silenciar chat privado
Gratuito

Contras

Só é possível entrar no app com uma conta Facebook

Vida Digital, Tech Tudo

terça-feira, 12 de abril de 2016

Sesap divulga novo boletim de dengue, chikungunya e zika; veja municípios com alta incidência no RN



No Rio Grande do Norte foram notificados 31.397 casos suspeitos de dengue em 2016, até a semana epidemiológica número 13 (terminada em 02/04/2016), representando uma incidência de 1.098,37/100.000 hab, um aumento considerável se comparada à incidência do mesmo período de 2015 que foi de 477,49/100 mil hab.

Os dados divulgados pelo boletim do Núcleo Estadual de Vigilância das Arboviroses da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) apontam que, até o momento, foram confirmados 6,1% dos 1.918 casos notificados, sendo 1.884 para dengue, 29 como dengue com sinais de alarme e 5 como dengue grave. Em 2015, no mesmo período, forma confirmados 3.070, para dengue foram 3.042, dengue com sinais de alarme foram 24 e 4 como dengue grave.

De acordo com o Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD), em 2016, 88 municípios do RN (52,7%) apresentam uma alta incidência acumulada de dengue, justamente aqueles que notificaram mais de 300 casos da doença por 100.000 habitantes. Outros 41(24,6%) municípios com média incidência, e 28(16,8%) com baixa incidência, além de 10(6%) municípios que estão silenciosos, ou seja, não notificaram nenhum caso suspeito de dengue nesse período.

Novamente o relatório aponta para uma subnotificação de casos suspeitos e indica a necessidade de sensibilizar os profissionais de saúde para a responsabilidade de notificarem todos os atendimentos que se enquadrarem na definição de caso suspeito para dengue definido pelo Ministério da Saúde. Ou seja: “Toda pessoa que viva ou tenha viajado nos últimos 14 dias para área onde esteja ocorrendo dengue ou que tenha a presença de Aedes Aegypti que apresente febre, usualmente entre 2 a 7 dias, e apresente duas ou mais das seguintes manifestações: náuseas, vômitos, exantemas, mialgias, artralgia, cefaleia, dor retroorbital, petéquias ou prova do laço positiva e leucopenia”, recomenda o relatório.

MUNICÍPIOS COM ALTA INCIDÊNCIA

Os municípios de Natal, com 5.648 notificações, Guamaré (2.405), Parelhas (1.335) e Currais Novos com 1.333 lideram o ranking de notificações da dengue até a 12ª semana. Quanto aos óbitos, o relatório mostra que a ocorrência de grande número no estado, caracterizando uma situação preocupante para a vigilância epidemiológica uma vez que o óbito por dengue é, em sua maioria, evitável. No ano de 2015 foram notificados 13 óbitos e em 2016 são 81 óbitos, o que representa um aumento de 523% no número de óbitos notificados, destes, 2 para dengue grave, 3 descartados, e os demais em investigação.

CHIKUNGUNYA

No RN, no ano de 2015, foram notificados 4.352 casos de chikungunya, destes, nenhum caso foi confirmado. Em 2016, até a semana epidemiológica número 12 (terminada em 02/04), foram notificados 2.240 casos, sendo confirmados 195. Em relação à região de notificação, a maior quantidade de casos de chikungunya vem da 7ª Região de Saúde, composta pelos municípios de Extremoz, Macaíba, Natal, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante.

ZIKA

Em 2015, até a SE nº 13 foram notificados 329 casos suspeitos de zika vírus, em 2016 no mesmo período foram notificados 1.534, apresentando um maior número de casos na SE nº 7. Dos casos notificados, foram confirmados 76 em 2015 e 3 em 2016. Os casos notificados em 2015 estão distribuídos em nove municípios e em 2016 no mesmo período, em 53 municípios, destes, Natal é responsável por 1029 (67%) dos casos, seguido por Mossoró com 94 (6%) dos casos notificados.



Blog do BG