sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Assaltante detido nos Correios de Montanhas era fugitivo de Alcaçuz




A ação rápida dos policiais do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM), por meio do Destacamento de Montanhas, resultou na manhã desta quinta-feira (27), na prisão de um homem que confessou que iria assaltar a agência dos Correios da cidade. Ao ser preso, ele estava de posse de um revólver calibre 38 e se apresentou como sendo ‘João Rodrigues da Silva’.

Como não portava documentos, os policiais desconfiaram da identificação fornecida verbalmente pelo acusado e ao conduzirem para sede da Polícia Federal, em Natal, constataram de que o seu nome verdadeiro é Rodrigo Caetano da Silva, fugitivo da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Ele permanece na sede da Polícia Federal em Natal, onde ficará a disposição da justiça.

Outro homem, que estava numa moto do tipo CG 125, de cor vermelha, e placas ainda não identificadas, se evadiu ao ver a presença dos policiais. A PM está em diligências para localizá-lo.

Os Amigos da Onça

Governo vai usar cortes de ministérios para afastar quem votou contra ajuste fiscal





A presidente Dilma Rousseff vai aproveitar a reforma administrativa que está em fase de elaboração no governo para recompor a base aliada, dando a chance de partidos fiéis ganharem mais espaço e despachando os infiéis da Esplanada. Segundo um auxiliar que participa dessas tratativas, este seria o momento de trocar o ministro do Trabalho, Manoel Dias, do PDT, partido que votou de forma unânime contra matérias do ajuste fiscal que o governo enviou para o Congresso. Dilma também estuda dispensar ministros sem afinidade com as pastas e que não conseguem garantir fidelidade de suas bancadas, como o do Esporte, George Hilton (PRB).

Por outro lado, a presidente deve premiar quem fez a diferença nesse momento de crise política, caso do ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha. Sua pasta será extinta e ele deve assumir um ministério dos Transportes turbinado com Aviação e Portos. Segundo um ministro, Dilma não deixará aliados fiéis na chuva. Ela já começou a conversar com ministros e seguirá as negociações chamando caciques dos partidos aliados. Está vendo caso a caso quem perderá espaço. No caso de um ministério estar na mira, mas o aliado se opor radicalmente ao fim da pasta, Dilma poderá desistir do corte, buscando compensação em outra área. O ministro da Micro e Pequena Empresa, Afif Domingos, por quem Dilma tem grande apreço, poderia, por exemplo, assumir o Sebrae.

Um interlocutor contou ao GLOBO que a presidente está correndo contra o tempo para desfazer o mal-estar causado pelo anúncio do corte sem o detalhamento das pastas. Além de mudanças no primeiro escalão, o governo fará fusões de empresas e agências. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) deverá ser fundida à Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Está previsto o mesmo caminho para o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Dataprev e DataSUS. Banco Central, Controladoria Geral da União (CGU) e Advocacia Geral da União (AGU) devem perder o status de ministério.

Uma parte da redução de ministérios terá pouco impacto financeiro pelas características da pastas que serão extintas ou fundidas a outros órgãos. Num esboço discutido internamente, ao qual o GLOBO teve acesso, das dez pastas, quatro apenas perderão o status, mas continuarão existindo com o mesmo orçamento, número de funcionários e gastos com custeio. São elas, o Banco Central, a AGU, a CGU e o Gabinete de Segurança Institucional. Nestes casos, o enxugamento prometido pelo governo se dará apenas na troca de denominação.

O Globo

A BELA E O “PEDRINHO”: Cena de sexo de Yasmin Brunet em “Verdades Secretas” ganha grande repercussão na web



Yasmin Brunet chamou a atenção ao exibir os seios no capítulo desta quinta-feira (27) de “Verdades Secretas”. A atriz ficou nua na cena em que sua personagem, Stephanie, tira a virgindade de Bruno (João Vitor Silva).

Na trama, Alex (Rodrigo Lombardi) escalou Stephanie para tirar a virgindade de Bruno por desconfiar da virilidade do seu herdeiro. Para promover o encontro da modelo com seu filho, Alex levou o garoto à sede da empresa no dia em que ela supostamente estava conhecendo a corporação.

No Twiiter, os internautas comentaram sobre as cenas quentes de Yasmin Brunet e o nome de atriz chegou aos ‘Trending Topics’ do Brasil. João Vitor Silva, conhecido por ter interpretado o personagem Pedrinho no “Sítio do Picapau Amarelo”, também teve seu nome mencionando diversas vezes na rede social.

“Yasmin Brunet, parabéns. Um abraço!” escreveu um internauta. “Pedrinho do Sitio do Picapau amarelo perdendo a virgindade. Meu Deus, minha infância”, brincou outro.

UOL

Estudante é detido em SP por espalhar falso toque de recolher no WhatsApp


Um estudante de 19 anos foi detido pela Polícia Civil suspeito de gravar e divulgar um falso toque de recolher em Campinas, no interior de São Paulo, com ameaças de ataque da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). O áudio espalhou medo entre moradores, fechou estabelecimentos comerciais mais cedo e deixou ruas da cidade vazias na última terça-feira, 25.

O jovem foi detido em casa, no município de Limeira, por agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), na manhã da quinta-feira, 27. Segundo a Polícia Civil, ele teria confessado ser responsável pela gravação, disse que queria fazer “uma brincadeira” e não é integrante de nenhuma facção criminosa. O estudante vai responder em liberdade por apologia ao crime e falso alarme de pânico.

No áudio, compartilhado por WhatsApp, o jovem se passa por um criminoso e anuncia ataques a 12 bairros da cidade a partir das 20 horas. “O bagulho vai ficar louco a partir das oito, mano. Não sai de casa, fechem os bares. É isso”, diz a gravação.

Com medo, moradores evitaram sair de casa, muitos estabelecimentos comerciais fecharam as portas mais cedo e escolas e faculdades dispensaram alunos. De acordo com os policiais, nenhum ataque foi registrado nos locais anunciados pela gravação.

Após investigações, os policiais conseguiram localizar e apreender o celular do estudante. Nele, os investigadores encontraram a gravação do falso toque de recolher. O estudante foi liberado após assinar um termo circunstanciado.

Estadão

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Cunha diz que só delibera sobre ECA se Senado votar PEC da maioridade


O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quinta-feira (27) ao G1 que não colocará em votação na Câmara a mudança no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)aprovada pelo Senado enquanto os senadores não analisarem a proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos.

A proposta passou em dois turnos na Câmara e seguiu para o Senado, onde, para ser aprovada, também terá de ser submetida a duas votações.

Levantamento do G1 publicado nesta quinta mostrou que a maioria dos senadores (45 dos 81) é contrária à PEC.

Indagado nesta quinta se pretende colocar em votação nas próximas semanas a PEC da Câmara, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que não.

"Não. Nós já votamos alteração no ECA, que parece ser mais consequente, mais eficiente e que olha melhor para o futuro da juventude", disse, em referência a projeto de lei aprovado pelo Senado que altera o ECA para aumentar o tempo de internação de menores de 18 anos.

Ao G1, Eduardo Cunha afirmou que esse projeto só será apreciado pela Câmara depois que o Senado deliberar sobre a PEC da maioridade penal aprovada pelos deputados.

“Nós só trataremos do ECA após a votação da PEC no Senado. Aprovada ou rejeitada, mas deliberada, porque mudará o texto [do projeto do ECA] em caso de aprovação. Vamos aguardar. Depois que eles votarem, apreciaremos o ECA”, disse.

'Contramão da sociedade'

Para Cunha, o levantamento do G1 indica que o Senado se colocará na “contramão” do que pensa a sociedade, na hipótese de rejeitar a PEC da Câmara, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos em casos de crimes contra a vida.

“A sociedade, em pesquisas públicas, por mais de 90%, é favorável [à redução da maioridade]. Se for isso, [o Senado votar contra PEC], estará na contramão”, afirmou Cunha ao G1.

No levantamento, o G1 ouviu todos os 81 senadores – 45 se manifestaram contra a PEC, 27 a favor e 9 não quiseram se posicionar. Para uma alteração na Constituição ser aprovada no Senado, são necessários os votos favoráveis de pelo menos três quintos do plenário – ou seja, 49 dos 81 senadores.

Do G1

Chave com bafômetro deve ser lançada em 2016 pela Fiat; peça leva 1 segundo para detectar álcool



 

Uma chave que só abre o carro se o motorista não ingeriu álcool está em fase final de testes no Brasil e pode entrar em produção no ano que vem. Ela deverá ser vendida como acessório pela Fiat.

Chamado de Fiat Safe Key, o dispositivo faz parte de um projeto de conscientização do risco de beber e dirigir. “Enxegamos que, em alguns casos, não basta apenas criar campanhas. Se queremos fazer com que as pessoas pensem duas vezes antes de beber e dirigir, pensamos que podemos fazer algo no sentido de dar a possibilidade de alguém não poder pegar o carro após beber”, afirmou Fred Saldanha, diretor de criação da agência Isobar, que desenvolveu a campanha e encomendou a chave.

Como funciona

STF rejeita anular acordo de delação de Youssef na Operação Lava Jato


Por unanimidade, o STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou nesta quinta-feira (27) um pedido para anular a delação premiada do doleiro Alberto Youssef com o Ministério Público Federal.

Os ministros confirmaram a decisão do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no tribunal, que homologou o acordo de delação, que determina benefícios e obrigações para o colaborador.

Youssef é apontado como um dos principais organizadores do esquema de desvio de recursos da Petrobras. Foi a partir dos depoimentos dele que o STF abriu a maioria dos inquéritos contra 35 congressistas suspeitos de ligação com os desvios da estatal.

O STF discutiu um recurso apresentado pela defesa de Erton Medeiros Fonseca, executivo da Galvão Engenharia, questionando o aval dado por Zavascki ao acordo de colaboração. A defesa do executivo argumentou que Youssef não teria credibilidade para fechar uma colaboração porque se tratava de um criminoso profissional e também por ter quebrado o cumprimento de uma delação fechada em outro caso, o do Banestado.

Nas delações premiadas, os acusados reconhecem participação nos crimes e comprometem-se a ajudar nas investigações em troca de benefícios como a redução de pena. O acordo precisa ser corroborado por provas.

Votaram pela rejeição do pedido os ministros Dias Toffoli, relator, Gilmar Mendes, Luiz Edson Fachin, Luiz Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. Como é alvo, Teori não participou do julgamento.

Os ministros não chegaram a analisar o teor dos depoimentos de Youssef –trataram apenas da validade do acordo de delação. Eles reforçaram que as colaborações ou até a combinação de termos de colaboração não servem para sustentar uma condenação, sendo preciso provas que comprovem as declarações.

“Não se admite condenação penal quando a única prova resistir na prova de agente colaborar. Mesmo que se associem a outros depoimentos, não importa”, disse o ministro Celso de Mello, chegado a afirmar que um “conluio de delinquentes” assaltou a Petrobras.

Para os ministros, a quebra de um acordo não impede que outro seja celebrado, caso o Ministério Público considera a participação relevante, porque ele não interfere no teor dos depoimentos dos colaboradores. Isso porque a homologação valida apenas o acordo que traz benefícios e obrigações para o delator, sem confirmar o teor das declarações.

“A delação não é homologada tão abstrata assim. É preciso ter uma dose de verossimilhança”, disse Luiz Fux.

ANULAÇÃO

Lewandowski, presidente do STF, fez uma defesa de Zavascki afirmando que ele “não cometeu nenhuma ilegalidade, nenhum abuso de poder”.

O ministro afirmou ainda que o fato de delações serem fechadas com delatores ainda preso não anula necessariamente a delação. Segundo o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, 30% das delações foram fechadas com pessoas ainda presas.

Lewandowski afirmou ainda que, como a colaboração tem natureza negocial ele pode ser rompido.

“A prisão por si só não vicia a vontade do delator. Eu penso que nada impede que o delator que comprove que sofreu algum constrangimento a comprometer a livre manifestação de sua vontade, com familiares ameaçados, acometidos por doença, esse ato por ter natureza negocial não subsistirá”, disse.

Os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Rosa Weber, também abordaram que a personalidade do delator não interfere nas delações, uma vez que as acusações ainda terão que ser comprovadas.

Fachin e Barroso ponderaram ainda que um acusado não pode questionar a colaboração fechada por outro, mesmo tendo sido citado nos depoimentos, porque ele não é parte do acordo, que trata dos benefícios e exigências.

Barroso colocou ainda que o descumprimento trouxe consequências para Youssef, como prisão preventiva, ações penais retomadas e até condenação pelo caso Banestado.

Folha Press

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Deputado quer isenção de imposto para mototaxistas e motoboys


O deputado Carlos Augusto Maia (PTdoB) falou, nesta terça-feira (25), na Assembleia Legislativa do RN, sobre Projeto de Lei que propõe isenção de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) para a aquisição de motocicletas, equipadas com motor não superior a 250 (duzentas e cinquenta) cilidradas, quando destinadas aos profissionais da atividade em transporte de passageiros, mototáxi e motoboy.

“Assim como os taxistas, que prestam serviços de transportes de passageiros, os mototaxistas e motoboys também o fazem. Obedecendo ao princípio Constitucional da Igualdade ou Isonomia, que determina que se dê tratamento igual aos que se encontram em situação equivalente e que se trate os desiguais, na medida de suas desigualdades, nada mais que razoável e proporcional expandir para os mototaxistas e motoboys a isenção de ICMS quando da aquisição de motocicletas destinadas ao exercício de suas profissões”, justifica o deputado.

Ele argumenta que, nos últimos anos, houve uma expansão e surgimento de várias atividades econômicas, dentre essas, os mototaxistas e motoboys, os quais tiveram profissão regulamentada por meio da Lei Federal de nº 12.009/2009.

Com o blog Os Amigos da Onça

Na TV, Joelma anuncia saída da Calypso e “ignora” Chimbinha



Joelma está saindo da Calypso após 15 anos de sucesso da banda que vendeu mais de 15 milhões de discos. O anúncio foi feito no Programa da Sabrina , da Record, que deve ir ao ar neste sábado (29). Ao revelar que estava fora do grupo, nas gravações feitas na tarde desta terça-feira (25), a cantora se emocionou, chorou e cumprimentou os músicos, mas ignorou Chimbinha, de quem pediu divórcio recentemente.

O guitarrista, visivelmente constrangido, se calou, enquanto a plateia gritava “eu te amo Joelma” e aplaudia a cantora, que baixou a cabeça e começou a chorar. Ela foi abraçada por Sabrina, que logo disparou: “É muito amor e muita gratidão que o Brasil tem por vocês A gente ama vocês”.

Joelma afirmou que, por consideração ao público, ela vai cumprir a agenda de shows da banda até dezembro, quando deve partir para carreira solo.

Os fãs se dividiram no Twitter entre Joelma e Chimbinha, mas todos lamentam a saída da vocalista.

Terra

Polícia Militar intensifica a fiscalização de veículos de duas rodas em Natal

Mais de 2 mil veículos de duas rodas foram apreendidos, nos primeiros sete meses de 2015 pelo CPRE.


    

Policiais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) realizaram na manhã desta quarta-feira (25) mais uma ação da Operação Motociclo, na Ponte de Igapó, no sentido zona Norte/Bairro Nordeste, visando fiscalizar os condutores de motonetas e motocicletas com irregularidades.

Na operação foram abordados 148 veículos, com consultas da situação do veículo e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendo recolhidas 31 motonetas e motocicletas ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além da confecção de 37 autos de infração de trânsito e no recolhimento de duas habilitações por irregularidades.

A Operação Motociclo esta sendo realizada pelo CPRE nos pontos com maior fluxo de veículos e horários predeterminados pela unidade. A Polícia Militar orienta aos condutores que regularizem suas pendências administrativas para a condução dos seus veículos de acordo com as normas previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

De acordo com o último relatório divulgado pelo CPRE, no mês de julho, cerca de 60 mil veículos já foram abordados pela Polícia de Trânsito no RN e mais de 2 mil veículos de duas rodas foram apreendidos, nos primeiros sete meses de 2015, por apresentarem irregularidades diversas.

Já na cidade de Pilões, distante 380 km da capital potiguar, policiais do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM) realizaram, também na manhã desta quarta-feira (26), barreiras policiais nas Ruas Pedro Nonato Fernandes e João Dias no centro da cidade. Nesta operação foram abordadas 26 pessoas, 16 veículos de duas rodas entre motonetas e motocicletas e cinco automóveis, quando na ocasião não foi registrada ocorrências.



Blog do BG

terça-feira, 25 de agosto de 2015

MPT descobre trabalho escravo em obra do governo federal na BA e liberta 6 29


Divulgação/MPT
Uma força-tarefa criada pelo MPT (Ministério Público do Trabalho), Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Rodoviária Federal e Governo da Bahia libertou seis homens que eram mantidos em condições análogas à escravidão no município de Santa Rita de Cássia (a 870 km de Salvador), no oeste da Bahia.

"Os operários contratados dormiam em alojamentos improvisados, sem sanitários, condições mínimas de higiene nem remuneração adequada. Além disso, eles não tinham acesso a água potável nem a locais para armazenar e preparar alimentos", informou o MPT. A inspeção foi realizada entre os dias 17 e 21 após denúncia recebida pelo ministério, e o resultado da ação foi divulgado nessa segunda-feira (24).

Os trabalhadores foram contratados pela Associação Cultural e Recreativa do Distrito de Stela Dubois para construir 25 casas populares num assentamento do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em uma vila a cerca de 20 km do centro de Santa Rita de Cássia.
Por cada casa construída, os trabalhadores tinham a promessa de receber um valor inferior ao piso salarial da construção civil na região.

Segundo o MPT, a associação ainda "burlava o sistema da Caixa Econômica Federal ao atuar como empreiteira, quando o projeto se destinava a financiar construções em regime de mutirão." As moradias fazem parte do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), no âmbito do programa federal "Minha Casa, Minha Vida", que impede que os beneficiários das casas sejam remunerados pelo trabalho feito.
Termo assinado

Na última sexta-feira (21), o coordenador da força-tarefa, o procurador Ilan Fonseca, firmou um termo de ajuste de conduta com a associação para o pagamento das rescisões de contrato dos trabalhadores, a assinatura retroativa de carteira de trabalho e as indenizações por danos morais coletivos.

Além das rescisões, que variam de R$ 1.872 a R$ 9.908, cada um dos operários resgatados receberá indenização de R$ 5.000. O pagamento a cada um dos seis trabalhadores resgatados deve ser feito até o próximo dia 4 de setembro.

A associação também se comprometeu a indenizar a sociedade em R$ 130 mil --o valor deve ser pago até o dia 21 de setembro. Segundo o MPT, o dinheiro será revertido para ao Fundo de Promoção do Trabalho Decente, instituído pelo governo baiano para financiar projetos e ações por melhores condições de trabalho no Estado.

O projeto de casas no assentamento foi encerrado.

Para os próximos projetos que iniciar, a associação terá sempre que registrar a carteira de trabalho dos funcionários contratados e fazer os pagamentos até o quinto dia útil do mês seguinte ao trabalhado.

Também deve garantir aos seus empregados --atuais ou futuros-- alojamentos em alvenaria com alvará da prefeitura para habitação, com água encanada e energia elétrica, sanitários, instalação de cozinha ou refeitório e fornecimento gratuito de colchões e roupas de cama, além de armários.

UOL

Emoção no reencontro – Homem agradece ao militar que o salvou em Pipa




“Gratidão e muita emoção”, estas foram as palavras expressados por Robson Barbosa, 32 anos, ao Soldado PM Jean, lotado no Pelotão de Polícia Militar da Praia da Pipa. Em 11/04/2015 por volta das 04h30min Robson foi vítima de uma tentativa de homicídio ocorrida em uma das principais ruas do centro de Pipa. Seu algoz o derrubou ao solo e friamente desferiu 06 cutiladas de faca peixeira, inclusive uma no peito, lado esquerdo, próximo ao coração.

O ato de fúria foi contido por um policial militar, o Soldado Jean, que estava de folga e que passava nas proximidades do local do crime. O militar frustrou o ato do criminoso, dando-lhe voz de prisão e o imobilizando, até a chegada da viatura policial. O crime não foi consumado devido ao ato heróico do militar.

Robson, bastante emocionado, frisou que está vivo “graças a Deus e ao Soldado Jean”. Ele ainda se emociona ao lembrar-se do fatídico dia e disse que nasceu novamente. O Soldado Jean, também emocionado ressaltou que cumpriu seu ato de acordo com o lema da instituição policial militar, que é “Servir e Proteger mesmo com o risco da própria vida”. “Não há recompensa melhor do que o reconhecimento de seu trabalho e a gratidão de um cidadão de bem”, disse o militar.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Pelotão de Pipa-RN

O roubo da moda




Em serra de São Bento um tipo de roubo ta virando moda, isso por que várias pessoas tiveram seus aparelhos celulares roubados na rua, e sempre acontece da mesma maneira, dois rapazes de moto com uma arma de fogo na mão.

A população deve ter mais cuidado e não ficar em lugares de pouca movimentação com seus celulares de ultima geração, pois serão alvo fácil dos ladrões, principalmente os jovens que ficam tarde da noite acessando na rua, fiquem atentos!

Com Informações do Blog O Serrano

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Mulher gravida é assassinada por Ex marido em Passa e Fica


Valeria Miguel (VITIMA)
Aconteceu nessa noite na Cidade de Passa e Fica, um assassinato de uma mulher gravida de 3 meses. 

O acusado o Ex-marido encontra-se foragido. Informações PRELIMINARES dão conta que o Ex-Marido Cesiomar Targino dos Santos 'CECY' após um desentendimento cometeu o assassinato com 3 tiros, a Vitima Valeria Miguel de 26 anos de idade, tinha 2 filhos sendo uma filha do autor dos disparos e outro do atual relacionamento, e ainda estaria gravida de outro(a), a mesma foi socorrida porem chegou ao hospital sem vida. 

A Policia faz buscas nesse momento pelo acusado que ja havia separado da vitima ah aproximadamente 5 anos, porem comenta-se que os dois sempre brigavam.

domingo, 23 de agosto de 2015

Fuga em alcaçuz é registrada. Cinco bandidos já foram recapturados





Uma fuga foi registrada nas primeiras horas desta manhã no presídio de Alcaçuz.

Seis detentos fugiram, cinco deles já foram recapturados.

Buscas estão sendo realizadas na região pela Polícia Militar, enquanto Agentes Penitenciários realizam a recontagem dos presos.

Com informações e fotos do 190RN

Aprovada na Câmara, redução da maioridade deve ser engavetada no Senado


Depois da aprovação pelo plenário da Câmara dos Deputados, na última semana, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93 que reduz, em alguns casos, a maioridade penal de 18 para 16 anos, a responsabilidade por levar a discussão adiante está com os senadores, que precisam submeter o texto a dois turnos de votação. A tarefa, no entanto, não será fácil. Após o resultado da Câmara, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), voltou a dizer que pessoalmente é contrário a proposta.

“Eu não sou a favor, mas não significa que a matéria não vá tramitar no Senado Federal, que já votou a atualização do ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente] que eu acho que, do ponto de vista da sociedade, é uma resposta mais consequente”, disse.

Renan se referia ao PLS 333/15, que altera o ECA, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), que teve o substitutivo do senador José Pimentel (PT-CE) aprovado pela Casa. O texto aumenta o tempo de internação de jovens infratores que tenham cometido crimes hediondos dos atuais três para até dez anos. Aprovada em julho pela Casa, a matéria seguiu para análise da Câmara.

O mesmo texto prevê uma alteração no Código Penal para agravar a pena do adulto que praticar crimes acompanhado de um menor de 18 anos ou que induzir o menor a praticá-lo. A pena do maior será de dois a cinco anos, mas poderá dobrar para os casos de crimes hediondos.

Outro ponto proposto por Pimentel prevê que os adolescentes passarão por avaliação, a cada seis meses, feita pelo juiz responsável pelo caso. Assim, o magistrado poderá analisar e optar por liberar antecipadamente, se for o caso, o jovem da reclusão. Nos centros de internação, os jovens também terão que estudar até concluir o ensino médio profissionalizante e não mais somente o ensino fundamental, como é previsto no ECA hoje.

Já a PEC aprovada pelos deputados, prevê redução da maioridade nos casos de crimes hediondos – como estupro e latrocínio – e também para homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. Os jovens de 16 e 17 anos deverão cumprir a pena em estabelecimento separado dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e dos maiores de 18 anos.

José Pimentel criticou a proposta de mudar a Constituição e ressaltou que com a alteração no ECA, o Senado já antecipou sua posição sobre o assunto, sinalizando que a proposta dos deputados deve ficar estacionada no Senado. “O texto que a Câmara aprovou simplesmente pega esse menor e leva direto para dentro de um presídio, não tem a obrigação nem de educar e nem de dar uma profissão. Já com o adulto que utiliza a mão de obra desse menor na consumação de um crime, continua tudo como está. São visões diferentes para enfrentar o mesmo problema”, defendeu.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse que acha difícil o texto de redução da maioridade aprovado na Câmara avançar no Senado. “Não acredito que essa PEC prospere no Senado. Meu sentimento é de que a ampla maioria dos senadores se opõe a ela. Então não creio que essa PEC que veio da Câmara, que é um retrocesso, com toda oposição da bancada do PT, vá andar no Senado. E, se andar, e vier a plenário, acredito que será derrotada. Não conseguirá 49 votos favoráveis”, disse o líder.

A proposta aprovada pelos deputados também enfrenta resistência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “A redução da maioridade penal é inconstitucional, viola princípios de Direito Internacional, portanto ela é inconvencional e além de tudo isso, não vai reduzir a criminalidade. Portanto, ela é materialmente ineficaz. Por esses motivos todos a OAB é contra a redução da maioridade penal”, explicou o presidente da comissão de Direito Penal do Conselho Federal da OAB, Pedro Paulo de Medeiros.

Sobre o texto aprovado pelo Senado, o advogado disse que a entidade ainda não tem uma opinião formada porque ainda não foi provocada sobre o assunto, mas lembrou que nas discussões sobre o tema na entidade, foi dito que um aprimoramento do ECA sobre o assunto talvez fosse mais aconselhável do que a redução da maioridade penal.

Para a Secretaria de Direitos Humanos, não há necessidade de uma nova legislação para jovens infratores. “A gente é pioneiro no mundo em relação a ter uma legislação própria para crianças e adolescentes. Temos que reconhecer isso. Obviamente que ajustes são necessários em alguns aspectos, mas os mais importante é preservar o melhor interesse da criança e do adolescente. O que precisamos é dar condições aos entes federados para que eles apliquem a Lei”, ponderou o secretário substituto da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Rodrigo Torres.

De 1993 até hoje, o Congresso acumula mais de 60 propostas envolvendo jovens infratores. Algumas alteram o Estatuto da Criança e do Adolescente para endurecer as medidas socioeducativas nesses casos, outras sugerem a redução da maioridade penal.


Agência Brasil

sábado, 22 de agosto de 2015

Coca-Cola anuncia que investirá US$ 4 bilhões na China


A multinacional americana Coca-Cola anunciou que investirá US$ 4 bilhões em suas operações na China nos próximos três anos, informou neste sábado o jornal oficial “China Daily”.

O presidente e executivo-chefe da companhia, Muhtar Kent, fez este anúncio durante a inauguração de uma nova fábrica da Coca-Cola na província chinesa de Hebei, vizinha a Pequim.

Kent lembrou que a China é para sua empresa o terceiro maior mercado global, razão pela qual crescer nesse país é de vital importância para o desenvolvimento futuro da Coca-Cola.

Desde sua chegada ao mercado chinês em 1979 até 2014, a empresa com sede em Atlanta, no sudeste dos Estados Unidos, tinha investido US$ 9 bilhões no país.

A marca inaugurou na sexta-feira na cidade de Xianghe, no norte da província de Hebei, uma fábrica que representou um investimento de US$ 56 milhões, com capacidade para produzir 250 milhões de unidades anuais.

No segundo trimestre de 2015 as vendas de Coca-Cola no gigante asiático aumentaram 6% com relação ao mesmo período do ano passado.



UOL

Gilmar Mendes pede investigação das contas de campanha de Dilma


O ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou nessa sexta-feira (21) que a Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Polícia Federal investiguem eventuais crimes cometidos na prestação de contas do PT na campanha presidencial de 2014.

A decisão foi proferida no processo de prestação de contas da campanha de Dilma Rousseff à reeleição. Apesar de a prestação ter sido aprovada pelo plenário da corte em dezembro do ano passado, o ministro pediu que supostos crimes sejam investigados.

Segundo Mendes, a decisão do TSE que aprovou as contas não levou em conta as suspeitas de doações ilícitas a partidos investigadas na Operação Lava Jato.

“Importante ressaltar que, julgadas as contas da candidata e do partido em dezembro de 2014, apenas no ano de 2015, com o aprofundamento das investigações no suposto esquema de corrupção ocorrido na Petrobras, vieram a público os relatos de utilização de doação de campanha como subterfúgio para pagamento de propina”, diz o ministro.

Em nota, o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, diz que “todas as contribuições e despesas da campanha de 2014 foram apresentadas ao TSE, que, após rigorosa sindicância, aprovou as contas por unanimidade”.



IG

Delator do petrolão associa lobista do PMDB a Renan, Cunha e Temer


Em depoimento prestado à Procuradoria-Geral da República (PGR), o lobista Júlio Camargo – que relatou pagamento de propina ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – afirmou que o lobista Fernando Soares era conhecido por representar o PMDB, o que incluiria, além de Cunha, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o vice-presidente da República Michel Temer.

“Havia comentários de que Fernando Soares era representante do PMDB, principalmente de Renan, Eduardo Cunha e Michel Temer. E que tinha contato com essas pessoas de ‘irmandade'”, consta em relatório dos investigadores sobre o primeiro depoimento prestado por Júlio Camargo à PGR, em março.

Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, foi responsável por intermediar pagamento de propina combinada com Júlio Camargo para facilitar um contrato de aquisição de navios-sonda pela Petrobras com a coreana Samsung Heavy Industries Co.

Em outro ponto do depoimento, ao mencionar que o PMDB deu apoio ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, Camargo volta a citar de forma vaga os três nomes e também o nome do empresário José Carlos Bumlai. O relatório da Procuradoria aponta dentro do depoimento de Camargo que Bumlai seria amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Na área interna o depoente negociava diretamente com Paulo Roberto Costa. Fernando Soares – era corrente – que representava o PMDB.

Depois o PMDB também ‘entrou para fortalecer’ Paulo Roberto Costa. Ambos então ‘ficaram muito fortes’. Fala-se de Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Michel Temer, José Carlos Bumlai (que seria muito amigo do ex-presidente Lula)”, aponta o relatório da PGR sobre o depoimento de Camargo.

Os três depoimentos de Camargo o grupo de trabalho do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, permaneciam em sigilo até hoje, e serviram de fundamento para o oferecimento de denúncia contra o peemedebista por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

(VEJA e Estadão Conteúdo)

“Dilma Bolada” recebe R$ 20 mil por mês para fazer Dilma Bolada


Está na Revista Época
No PT, existem duas Dilmas. Aquela que preside o país, a Rousseff, de que quase nenhum brasileiro gosta nestes idos de 2015. E a outra, a Bolada, que dois milhões de brasileiros curtem nas redes sociais. Como Bolada diz: “Sou a Rainha da Nação, a Diva do Povo, a Soberana das Américas… Sou linda, sou diva, sou Presidenta. SOU DILMA!”. 

Dilma Bolada, a caricatura que tem toda a simpatia e toda a verve que tanto faltam à presidente, é criação do publicitário Jeferson Monteiro. Ele sempre jurou – J-U-R-O-U – que fazia a personagem por amor. Mas ÉPOCA descobriu que o publicitário recebe um pixuleco de R$ 20 mil mensais do PT para fazer Dilma divar nas redes e zoar sem dó os adversários políticos da presidente e do partido.

As provas estão em documentos enviados por advogados da agência Pepper Interativa ao Superior Tribunal de Justiça. A Pepper é uma espécie de agência parapartidária do PT. É usada para tudo que o partido não pode fazer diretamente em campanhas ou nas redes sociais – como guerrilha digital a favor do governo e contra os assim declarados inimigos da causa. A Pepper trabalhou nas duas campanhas presidenciais de Dilma – Rousseff, não a Bolada – e tem contrato com o PT. Está sendo investigada no STJ na Operação Acrônimo, em que a PF descobriu evidências dum esquema de lavagem de dinheiro e corrupção envolvendo o governador de Minas, Fernando Pimentel, e operadores do PT. ÉPOCA já mostrou que a dona da Pepper, Danielle Fonteles, é investigada por intermediar pagamentos do BNDES para a mulher do governador Fernando Pimentel, Carolina Oliveira, no período que ele era ministro de Dilma e chefiava o banco. Dani, como é chamada, usou até contas secretas na Suíça para receber dinheiro, enquanto pagava faturas de cartão de crédito da mulher de Pimentel.

No ano passado, ÉPOCA revelou que o criador de Dilma Bolada exigia receber meio milhão de reais da campanha à reeleição da petista. Num ato pouco amoroso, chegou até a tirar a personagem do ar, de modo a pressionar a campanha. Depois mudou de ideia. Quando ÉPOCA revelou o caso, Bolada, ou Jeferson Monteiro, desceu do salto, fez um barraco, reafirmou que a personagem “não estava à venda” – e não recebeu um real do tesoureiro João Vaccari, amigo de Dani. A mesada de R$ 20 mil, intermediada pela Pepper, surgiu logo depois, como “agrado”, nas palavras de um alto dirigente petista. Começou a ser paga neste ano. O dinheiro sai das contas do PT, entra na Pepper e segue para a empresa do publicitário. Nesse caso, não parece haver ilegalidade. Há apenas hipocrisia. É uma relação comercial. Mas a Pepper não quis explicá-la à ÉPOCA.


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Dilma promete entregar todas as obras de transposição do Rio São Francisco até o fim de 2016





Em entrevistas a rádios de Pernambuco, onde inaugura nesta sexta-feira uma parte das obras de transposição do Rio São Franscisco, a presidente Dilma Rousseff afirmou que quer libertar a população dos carros-pipa. Ela prometeu entregar todas as obras concluídas até o fim do ano que vem.

— Eu vou entregar essa obra pra o povo nordestino até dezembro de 2016. Estamos fazendo um esforço enorme para que tenha água, água em segurança, que não vai precisar de carros-pipa. É isso o que nós queremos: libertar a população dos carros-pipa. Mas enquanto você não tem todas as obras concluídas, temos que depender dos carros-pipa — disse.

Dilma disse que no passado, durante a seca, a população do semiárido nordestino chegava a invadir mercados para sobreviver. Nos últimos anos, graças a uma rede de proteção social do governo, isso não aconteceria mais.

— A seca vai ocorrer e a arte nossa é saber conviver com a seca nas melhores condições. No passado, quando tinha água, as pessoas invadiam supermercados, invadiam armazéns porque não tinham como sobreviver. Nessa última seca, tivemos uma rede de proteção social — apontou a presidente.

Segundo ela, o governo federal não irá abandonar o povo que sofre com a seca:

— Nós vamos estar juntos, vamos estar sempre de prontidão para ajudar no que for preciso.

A presidente rejeitou a insinuação da locutora da rádio, Neia Gonçalves, de que as obras da ferrovia Transnordestina começaram a atrasar depois que começou a ser revelado o escândalo de corrupção da Petrobrás, no âmbito da operação Lava-Jato.

— Não sei qual é a ligação que você está fazendo da Transnordestina com a Lava-Jato. Porque a Transnordestina é uma obra privada, é uma obra de uma concessionária privada. Nós damos todo o suporte para que essa concessionária privada faça as obras, fazemos os pagamentos, adiantamos recursos. Na nossa avaliação, ela está levando com bastante empenho — afirmou.

Zenfone 2 com preço agressivo chega para bater de frente com iPhone 6 e Galaxy S6


O Zenfone 2, da ASUS, começa a ser vendido no Brasil nesta quinta-feira (20). O smartphone foi pensado para concorrer diretamente com o iPhone 6, da Apple, e com o Galaxy S6, da Samsung. Seu maior destaque é a memória RAM de 4 GB e, como de costume na linha Zenfone, o celular roda sistema Android5.0 (Lollipop). No país, a versão de 16 GB custa R$ 1.299, já a de 32 GB pode ser comprada por R$ 1.499.

Conforme o TechTudo adiantou, o Zenfone 2 foi apresentado em um evento em São Paulo. Portanto, menos de um mês depois de a Motorola também apresentar seu top de linha, o Moto X 2015 (disponível nos modelos Play e Style).


Asus lança Zenfone 2 no mercado brasileiro (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

O Zenfone 2 reproduz o mesmo desenho industrial que os consumidores já conhecem do Zenfone 5. Apesar de o número do modelo ser menor (2, contra o 5 que já existe no mercado), ele é o smartphone com as especificações mais avançadas da fabricante de Taiwan.


Entre os atributos está a tela de 5,5 polegadas (resolução Full HD de 1080 x 1920 pixels). Sua câmera principal tem 13 megapixels e a frontal (para selfies), 5 megapixels. A bateria oferece 3.000 mAh. Informações preliminares da própria Asus davam conta de que o modelo brasileira teria 32 GB de armazenamento interno, mais o espaço para cartão no padrão MicroSD.


Câmera principal do Zenfone 2 tem 13 megapixels (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

No Brasil, o Zenfone 2 será vendido somente no modelo top de linha. Ele inclui processador Intel Atom Z3580 (quad-core rodando a 2,3 GHz) e RAM de 4 GB. Prata, dourado, preto e vermelho.

Tradicionalmente a fabricante aposta nas vendas online, com promoções agressivas – como aquela queindiretamente criticou o evento de lançamento do Redmi 2, da Xiaomi, no país. Por isso mesmo, o lançamento de hoje poderá ser adquirido a partir das 20h na loja online da fabricante.

Além do Zenfone 2, a Asus revelou hoje detalhes sobre a disponibilidade do Zenfone 2 Laser, Zenfone 2 Deluxe e Zenfone Selfie. Veja os preços:


- Zenfone 2 Laser, por R$ 899

- Zenfone 2 Deluxe, por R$ 1.999

- Zenfone Selfie, por R$ 1.299

O Zenfone 2 foi apresentado ao mundo na Mobile World Congress, feira de celulares realizada em Barcelona, no primeiro trimestre deste ano. Abaixo você assiste às primeiras impressões do aparelho com as especificações mais avançadas.

Deputados do PP usaram garrafa de cachaça para pagar propina, diz PF





A Polícia Federal enviou ao STF (Supremo Tribunal Federal) um relatório atestando que os deputados Luis Fernando Farias (PP-MG) e José Otávio Germano (PP-RS) pagaram propina à diretoria da Petrobras em troca de benefícios à empresa Fidens Engenharia.

O documento, entregue no Supremo na quarta (19), é o primeiro parecer conclusivo da PF relativo os inquéritos abertos para investigar a atuação de parlamentares no esquema de desvios da estatal. A informação foi divulgada pelo site da revista “Época”.

De acordo com o relatório da PF, em 2010, Farias e Germano desembolsaram R$ 200 mil ao ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa para que a Fidens pudesse renovar o certificado que permitia a empresa se inscrever nas licitações da Petrobras.

Os parlamentares guardaram o dinheiro, em espécie, dentro de uma garrafa de cachaça e a entregaram a Costa no Hotel Fasano, no Rio de Janeiro.

A condição da construtora foi regularizada e ela pode participar das concorrências. Venceu três delas em 2010 -uma para atuar na obra de terraplanagem da Refinaria Premium 1, no Maranhão- e outras duas em 2011.

A PF recolheu provas da relação entre os deputados e um executivo da Fidens com Paulo Roberto Costa. Entre elas está o comprovante de reserva de um quarto duplo no Hotel Fasano na data do pagamento, em setembro de 2010.

Além disso, os investigadores identificaram reuniões de Costa com os parlamentares, inclusive na sede da Petrobras, no Rio, e com o presidente da Fidens, entre 2008 e 2010, no prédio da estatal.

Os policiais também coletaram registro de entrada da Luiz Fernando Ramos no edifício onde funcionava uma das empresas de Youssef, em São Paulo, em 2011.

CONFISSÃO

A PF partiu de informações do prestadas pelo próprio Paulo Roberto Costa em seus depoimentos do acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público.
No dia 2 de setembro do ano passado, Costa relatou o lobby dos parlamentares em favor da Fidens Engenharia e admitiu ter recebido os R$ 200 mil em propina no hotel do Rio.

O ex-diretor contou, na ocasião, ter entendido o pagamento como uma espécie de “agradecimento” dos deputados pelos resultados da Fidens, já que, segundo ele, não influenciou na contratação da empresa.

A reportagem não conseguiu localizar o advogado que representa os deputados nem os responsáveis pela Fidens.

FOLHAPRESS

Dilma é aprovada por apenas 54% das pessoas que foram à marcha do PT em SP, 13% defendem a saída


Que fase…

A Presidente Dilma Rousseff é aprovada por apenas 54% dos militantes que foram à marcha do PT em São Paulo, segundo o Datafolha.

O instituto estimou em 37 mil pessoas nas ruas da capital paulista.

Para 25%, a gestão é regular. E 20% a classificam como ruim ou péssima.

E vejam os senhores, 13% dos manifestantes da marcha a “favor” do governo Dilma, disseram que o Congresso Nacional deveria, sim, abrir um processo de impeachment contra Dilma. Danou-se…



Blog do BG

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Aparelho ‘mágico’ transforma as tomadas da sua casa em pontos de internet; entenda



A TP-Link acaba de anunciar uma nova linha de extensores de sinal. É a linha Powerline e o seu diferencial em relação aos outros produtos do gênero é a capacidade de transformar a rede elétrica da sua casa em rede de internet. A grande vantagem disso é que os repetidores de sinal não sofrem com barreiras físicas do imóvel, como paredes, desníveis e pontos cegos, visto que ele usa uma estrutura que transpõem tudo isso e já está instalada em todos os cômodos.

Além da internet ‘turbo’: confira os roteadores com funções ‘secretas’

Há três modelos desses novos repetidores de sinal. O de entrada trabalha com velocidade de 200 Mbps. O intermediário alcança 500 Mbps e ainda há um híbrido, que atua nas duas velocidades, tanto 200 quanto 500 Mbps.

A montagem da rede é bem simples, pois todos os repetidores Powerline possuem o botão Clonar Wi-Fi, que copia automaticamente o SSID (nome da rede) e a senha. Assim, o repetidor já fica configurado e pronto para se conectar com PCs, notebooks, smart TVs, consoles de videogames e qualquer outro gadget que se conecte à internet por meio da rede Wi-Fi.

O transporte de dados por meio da fiação elétrica é possível graças ao padrão HomePlug AV, que pode transportar até 500 Mbps por meio da rede elétrica de sua casa ou escritório. Com essa velocidade, é possível fazer streaming de vídeos e áudio, além de poder aproveitar os melhores jogos multiplayer sem sofrer com diminuição da velocidade ou aumento de latência.

Todos os extensores de sinal da linha Powerline, da TP-Link, já foram distribuídos para os principais varejistas do país. As vendas começarão em setembro. O preço sugerido do repetidor de entrada, o WPA4220, será de R$ 299,90.

TechTudo

Governador envia Projeto de Lei à ALRN que modifica o Proadi


O governador Robinson Faria encaminhou esta semana à Assembleia Legislativa um projeto de lei que propõe modificações no Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio Grande do Norte (Proadi), regido pela Lei Estadual 7075/1997. As modificações sugeridas para o texto original dizem respeito à prorrogação dos benefícios já concedidos para até o ano de 2040, como também amplia a possibilidade de que novas empresas sejam admitidas neste Programa.

“O Proadi é um dos programas brasileiros mais bem elaborados em termos legais de incentivo ao microempreendedor. Queremos sua continuidade, bem como sua ampliação, para atingirmos ainda mais empresas e, dessa forma, incentivarmos a cadeia produtiva e o fortalecimento do emprego e renda”, disse o governador.

As emendas propostas para o Proadi preveem além da prorrogação do prazo de sua validade, a inclusão do microempreendedor que esteja inserido nos conceitos de comerciante, industrial e agropecuarista que trabalhem em regime de economia familiar. As concessões de prorrogação serão condicionadas à decisão do Chefe do Executivo.

Algumas alterações nos artigos dizem o seguinte: “a empresa beneficiada poderá requerer a prorrogação do prazo de financiamento, por iguais e sucessivos períodos, a partir do quinto ano de cada período aquisitivo, desde que apresente projeto de viabilidade econômica, comprometendo-se a ampliar a sua capacidade de produção em pelo menos 20%”.

No que diz respeito à admissão de novas empresas, o benefício poderá ser concedido às “já existentes no Estado desde que ampliem sua capacidade produtiva em pelo menos 20% mediante realização de novos investimentos fixos e circulantes”.



Blog do BG

Homem é preso após tomar moto de assalto na zona rural de Passa e Fica

Foto: Reprodução/Internet


Um homem foi preso nesta quinta-feira (20) após tomar de assalto uma moto no sítio Barra do Geraldo, na cidade de Passa e Fica, RN.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar ao Portal NCO, um homem parou uma mulher na estrada e a obrigou a entregar a moto que ela pilotava. Após a ação rápida, o assaltante fugiu na moto com destino ignorado.

A vítima acionou a Polícia Militar, que após diligências conseguiu encontrar o criminoso ainda com a moto. Após uma perseguição realizada pelas guarnições de serviço das cidades de Passa e Fica e Lagoa d'Anta, o assaltante foi alcançado e preso.


Da Redação /Portal NCO

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Lula processa O Globo por “jornalismo baseado em fofocas”



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se sentiu ofendido por reportagem publicada por O Globo na última semana. No dia 12, o veículo carioca afirmou que o antecessor de Dilma Rousseff é dono de um tríplex em condomínio no Guarujá, cidade do litoral paulista. Nesta quarta-feira, 19, ao afirmar que o conteúdo do diário foi “jornalismo baseado em fofocas”, o instituto que leva o nome do ex-mandatário do país anunciou a ação judicial contra a empresa de comunicação.

Ao garantir que o ex-presidente não mantém nenhum apartamento no Guarujá, o Instituto Lula defende que a matéria intitulada “Dinheiro liga doleiro da Lava-Jato à obra de prédio de Lula”, produzida pela do jornal, teve “claro caráter difamatório”. Para a entidade, o fato de a equipe do veículo de comunicação ter publicado as negativas por parte do político não passou de “mero registro burocrático do outro lado”, o que não compensaria “os danos morais causados pela veiculação de graves mentiras”.

Representado pelo escritório Teixeira Martins Advogados, Lula solicita indenização no valor de R$ 67.500,00. Na ação, o ex-presidente se dirige contra o diretor de redação de O Globo, Ascânio Seleme, além dos dois repórteres que assinaram a matéria em questão: Cleide Carvalho e Germano Oliveira, ambos da sucursal da publicação em São Paulo. Ao impetrar com a ação por danos morais, os defensores do ex-presidente afirmam que “a má fé dos réus e a inequívoca intenção de difamar e injuriar o autor [do processo] é patente”.

Até o momento, O Globo não se posicionou oficialmente em relação à ação. A íntegra do requerimento formulado pela defesa do político foi divulgada na internet.

Detran de SP diz que passará a filmar motorista durante exame de CNH


Foto: Ana Macedo/Futura Press/Folhapress
Os carros usados em provas técnicas para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em São Paulo terão câmeras para registrar os alunos e os funcionários do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) que avaliam os futuros motoristas.

Além disso, o órgão vai determinar que todos os veículos tenham um sistema de telemetria para comparar o resultado do teste com o que realmente aconteceu na hora da prova, evitando fraudes.

Segundo Daniel Annenberg, diretor-presidente do departamento, o órgão vai lançar a licitação até o fim de setembro para a compra dos equipamentos necessários.

A medida, segundo ele, é para combater o chamado “quebra”, prática feita entre motoristas, avaliadores e autoescolas corruptas para obter a carteira, burlando a prova.

Hoje, é possível comprar o resultado da prova prática pagando valores entre R$ 500 e R$ 800. De acordo Annenberg, “o Detran ainda estuda detalhes da licitação” antes da publicação no Diário Oficial do Estado.

“O ideal seria que o Detran comprasse os carros que serão usados nas provas práticas”, afirmou. No entanto, ainda segundo ele, isso pode ter um custo alto para o órgão.

Para ficar economicamente viável, a possibilidade mais forte é a de que as autoescolas fiquem responsáveis pela instalação das câmeras e dos sensores de telemetria, sob a avaliação do Detran.

O presidente do Sindicato das Auto Motoescolas e Centros de Formação de Condutores do Estado de São Paulo (Sindautoescola), Aldari Onofre Leite, diz que o setor deve instalar a tecnologia nos veículos.

“Os alunos fazem todas as aulas práticas em um determinado tipo de carro. Com essa mudança, ele corre o risco de fazer a prova em um modelo de veículo que ele não dirigiu durante seu processo de formação”, disse.

Leite também diz acreditar que o Estado “não deve ter um custo tão grande, tendo outros gastos mais importantes para fazer”. De acordo com a entidade, em média, cada uma das 700 autoescolas da capital leva ao menos dois veículos, diariamente, para uma das 12 bancas de avaliação do Detran.

Com a telemetria vai ser possível saber se o aluno trocou de marcha de forma errada ou se pisou na embreagem em vez de acionar o freio, erros que tiram ponto durante a execução do teste e podem custar a habilitação de um futuro motorista.

‘Comprei’


Após ser reprovado em duas provas e não conseguir a permissão para dirigir (primeira CNH), um advogado de 23 anos, que preferiu não se identificar, pagou para fazer o teste sem ser avaliado.

“Cheguei na autoescola e perguntei pelo ‘quebra’. Saiu R$ 800 e comprei a carta. Não me orgulho disso”, afirma o motorista. O advogado se diz um “bom motorista” e que nunca foi multado ou se envolveu em acidentes.

Segundo o Detran, 80.491 candidatos fizeram o teste para a CNH no primeiro trimestre de 2015 – 25.776 foram reprovados. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.

UOL, com Estadão

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Após bater R$ 3,50, dólar muda de rumo e opera em queda








Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,02%, a R$ 3,4823 para venda.
No mês, o dólar acumula alta de 1,68% e no ano, de 30,98%.

Após chegar a bater R$ 3,50, o dólar mudou de rumo e passou a cair nesta terça-feira (18), em meio ao menor apetite por risco nos mercados globais diante de nova queda das bolsas da Chinae em meio a preocupações com a crise política no Brasil.


Na véspera, a divisa caiu 0,02%, a R$ 3,4823 para venda. No mês, o dólar acumula alta de 1,68% e no ano, de 30,98%.

Cenário externo
Os dois principais índices acionários da China despencaram mais de 6% nesta terça-feira, em um momento em que a desaceleração da segunda maior economia do mundo, principal referência para investidores em mercados emergentes e importante parceiro comercial do Brasil, provoca apreensão nos mercados globais.

A perspectiva de alta dos juros nos EUA, que pode atrair para o mercado norte-americano capitais atualmente investidos em países como o Brasil, também corroborava para a alta do dólar ante o real.

Operadores vêm afirmando que parece cada vez mais claro que o Federal Reserve, banco central norte-americano, começará a elevar os juros em breve, com boa parte apostando já no mês que vem.

Nesta sessão, o crescimento das vendas de novas moradias deu força à percepção de que a economia dos EUA está rodando a praticamente a todo o vapor, o que pode abrir espaço para o Federal Reserve, banco central do país, dar início ao aperto monetário no mês que vem.

Cenário interno
No cenário interno, a política continuava ocupando o centro das atenções, antes de votações no Congresso de pautas relevantes, como a reversão da desoneração da folha de pagamento e o projeto que altera a remuneração do FGTS. Além disso, o mercado via em declarações de autoridades da oposição, na véspera, sinais de renovada pressão sobre a presidente Dilma Rousseff.

Mais tarde, o Banco Central brasileiro dará continuidade à rolagem dos swaps cambiais que vencem em setembro, com oferta de até 11 mil contratos, equivalentes à venda futura de dólares.



Do G1, em São Paulo

Líder diz que governo negocia acordo com a Câmara para correção do FGTS


José Guimarães (PT) participou de reunião com vice-presidente e ministros.

Projeto de correção do FGTS é considerado um item da 'pauta-bomba'.


O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), afirmou nesta terça-feira (18) que o governo negocia com a Câmara dos Deputados um entendimento sobre o projeto que muda a correção do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Para ele, o texto final sera uma "média" entre o que quer o governo e o que defendem os deputados.

Na segunda-feira (17), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, declarou que colocaria o projeto para votação nesta terça. O texto prevê que as contas do fundo passem a ser reajustadas por um índice maior, equivalente ao da poupança. Isso faria o dinheiro do trabalhador render mais. O projeto é considerado uma das "pautas-bombas", pois reduziria o caixa de programas habitacionais, que se financiam pelo fundo, como o Minha Casa, Minha Vida.

"Não há ainda uma decisão final, mas eu acredito que nas próximas 24 horas encontraremos uma construção coletiva, que envolve o relator, o governo e o entendimento geral da Casa", disse Guimarães. "Eu acredito que a qualquer momento nós anunciaremos o entendimento que preserve o fundo e garanta a continuidade do Minha Casa, Minha Vida", acrescentou.

Ele participou na manhã desta terça de uma reunião com o vice-presidente Michel Temer, o relator do projeto, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e outros seis ministros para tratar do tema. A reunião foi na residência oficial do vice-presidente.

"Quando você senta pra dialogar, construir, nem pode ser o que um quer, nem pode ser o que o outro quer. Tem que ser uma média. É uma construção que nós estamos fazendo e esse foi o sentido geral do café da manha com o relator Rodrigo Maia", continuou Guimarães.

No encontro, estiveram presentes ainda os ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, da Fazenda, Joaquim Levy, da Aviação civil, Eliseu Padilha, da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, das Comunicações, Ricardo Berzoini e das Cidades, Gilberto Kassab.



Do G1, em Brasília

CBF modifica horário de Oeste x ABC


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou no final da tarde desta segunda-feira (17), depois de reunião na sede da entidade, uma mudança no horário da partida Oeste/SP x ABC, válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O jogo, que está marcado para o próximo sábado (22), e estava previsto para as 21h, foi antecipado para as 16h30, mantendo-se o mesmo local, o estádio José Liberatti, em Osasco (SP).

A alteração aconteceu por motivos de segurança, tendo em vista os graves incidentes recentemente ocorridos na cidade de Osasco (SP).

Com informações do site do ABC

Kelps tenta encontrar uma saída para devolver direito dos servidores estaduais


Por iniciativa do deputado Kelps Lima (Solidariedade), a Assembleia Legislativa promove na tarde desta terça-feira, 18, audiência pública para discutir a recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de excluir gratificações e adicionais noturno e por insalubridade dos proventos de servidores aposentados. Para o encontro foram convidados, por sugestão do deputado, representantes do TCE, do Governo do Estado, do Ministério Pùblico e sindicatos dos servidores.

O parlamentar quer se livrar da acusação de ter sido o responsável pela emenda que levou à exclusão das gratificações, emenda esta apresentada no processo de revisão da Constituição Estadual, em 2014. Kelps Lima garante que se ficar provado que foi o responsável, apresentará emenda para devolver o direito aos servidores públicos.

O próprio Kelps entende que uma emenda constitucional para devolver o direito dos servidores no ato da aposentadoria será considerado inconstitucional. Por isso, convidou a todos para discutir uma saída.

Está difícil.


A situação do deputado em relação ao corte das gratificações pode ser definida segundo aquela máxima popular: “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”.



Blog do BG

Aluno do CEI Zona Sul fica entre os cinco melhores do estado na Olimpíada Norte/Nordeste de química




O aluno do colégio CEI Zona Sul, Geilson Xavier de Azevedo Junior, da 3ª série do Ensino Médio, se destacou na na XXI Olimpíada Norte/Nordeste de química.

Geilson ficou entre os 5 (cinco) melhores colocados do estado e foi um dos convidados a participar da OBQ – Olimpíada Brasileira de Química 2015, que acontecerá no próximo dia 29, às 14 horas, no setor III, da UFRN.

O aluno ainda participará, no final do ano, da cerimônia de premiação em que receberá menção honrosa.



Blog do BG

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Vaquejada no Parque Erasmo Crisanto em Serra de São Bento / RN


Atenção:   Vaqueiros que chegar antes do meio dia e fizer suas inscrições, ganha uma garrafa de Whisky. 

Jogos de videogame violentos provocam agressividade, diz estudo






A discussão sobre se jogos de videogame violentos provocam comportamentos agressivos em seus jogadores não é nova, e existe uma longa lista de estudos a favor e contrários a esta tese. O mais recente deles, publicado pela Associação Americana de Psicologia, afirma que, sim, esses jogos influenciam negativamente os seus jogadores.

O levantamento analisou cerca de 300 estudos sobre o tema, publicados entre 2005 e 2013, e concluiu que a exposição a jogos de videogame violentos é um “fator de risco” para o aumento da agressividade entre jogadores.

“A pesquisa demonstra uma relação consistente entre o uso de jogos de videogame violentos e o aumento de comportamentos agressivos e de cognição agressiva, e uma diminuição de comportamentos sociáveis, empatia e sensibilidade a agressões”, afirma o estudo, que ressalta ainda que nenhuma influência sozinha levou alguém a se tornar mais violento, mas sim “uma acumulação de fatores de risco”.

Os especialistas também deixaram explícito que não há evidências suficientes para concluir que jogos como “GTA” e “Call of Duty” levam os jogadores a realizar atos criminosos.

— Sabemos que existem diversos fatores de risco que levam a um comportamento agressivo. O que os pesquisadores precisam fazer agora é conduzir estudos que observem os efeitos dos videogames nas pessoas que já apresentam propensão a um comportamento agressivo ou violento devido a uma combinação de riscos — afirma Mark Applebaum, um dos responsáveis pela pesquisa.

Diante do resultado, a Associação Americana de Psicologia recomendou aos criadores dos jogos eletrônicos que eles devem aumentar os níveis de controles parentais sobre a quantidade de violência que os títulos possuem.

O Globo

Justiça condena Cerveró e Fernando Baiano em processo da Lava Jato


O juiz federal Sergio Moro condenou nesta segunda-feira (17) o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, o lobista Fernando Soares e o empresário Julio Camargo à prisão em um processo da Operação Lava Jato relacionado à contratação de navios-sonda pela Petrobras.

Cabe recurso à decisão. Dos três condenados, só Camargo está em liberdade.

O doleiro Alberto Youssef, que está preso e também era réu no caso, foi absolvido. Sergio Moro entendeu que faltaram provas sobre as operações de lavagem denunciadas pelo Ministério Público Federal.

De acordo com a sentença, Cerveró é culpado de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, que tiveram penas fixadas em 12 anos, três meses e dez dias de prisão.

Camargo, que firmou um acordo de delação premiada, foi condenado por crimes que somam 14 anos de prisão. O juiz, no entanto, determinou que ele cumpra cinco anos de prisão em regime aberto, que inclui prestação de serviços comunitários.

A pena de Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, foi fixada em 16 anos, um mês e dez dias de prisão.

Os condenados também terão que pagar multa.
Sobre Cerveró, o juiz escreveu que os crimes de corrupção envolveram o pagamento de pelo menos US$ 14,3 milhões e R$ 4,4 milhões nos contratos de fornecimento de navios-sonda, valores “muito expressivos”.

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, Camargo era representante do estaleiro Samsung Heavy Industries, da Coreia do Sul, e a partir de 2006 pagou propina à Diretoria Internacional da Petrobras, então comandada por Cerveró, para fechar negócios com a estatal.

Fernando Baiano, sustentou o Ministério Público Federal, intermediou os pagamentos ao então diretor.

O lobista e o ex-diretor negaram os crimes à Justiça.

A reportagem ainda não conseguiu contato com a defesa dos condenados.

Folha Press

Presidente Dilma deve desculpas ao País, diz nota da OAB


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius Furtado Coêlho, divulgou nota neste domingo, 16, na qual afirma que a presidente Dilma Rousseff “precisa pedir desculpar ao Brasil” por ter apresentado uma realidade econômica “inexistente” no período de campanha eleitoral.

“É chegada a hora de revelar esse engano, assumir os equívocos”, escreveu Coêlho na nota, que fala em crise ética, política e econômica. “Esse necessário gesto de sinceridade da presidente, que demonstrará humildade e amadurecimento político, apresenta-se como um fator importante na retomada da governabilidade do País para a estabilidade institucional”, afirmou o presidente da OAB.

Na quarta-feira, dia 19, a entidade vai lançar, em conjunto com as confederações da Indústria, do Comércio, da Agricultura, do Transporte, da Saúde e das Instituições Financeiras, uma “Carta à Nação”. O documento vai conter críticas à situação atual da economia e apontar sugestões para superar as dificuldades econômicas e políticas.

Coêlho sugere que o governo tem dialogado apenas em momentos de crise e que é necessário ouvir “quem pensa diferente e não apenas os apoiadores”. “O Brasil é um País muito complexo e diversificado para um governo a quatro paredes. Dialogar significa não apenas fazer propaganda política, mas, efetivamente, ouvir as sugestões (…). É preciso saber ouvir as críticas”, escreveu.

O Conselho da OAB considera que um processo de impeachment contra Dilma depende da existência de comprovação de ato criminoso por parte da presidente. Por esta linha de raciocínio, a entidade avalia que atualmente não há fundamento para o impeachment. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Isto É

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Luciano Huck diz concordar com FHC sobre Dilma: ‘É uma pessoa honrada’




Quando o assunto é a presidente Dilma, o apresentador Luciano Huck concorda com Fernando Henrique Cardoso. “Eu também acho que ela é uma pessoa honrada”, diz. “Mas é inegável que nunca estivemos tão mal. O momento é ruim para todo mundo”. Huck apoia as manifestações marcadas para este domingo, mas diz que não vai bater panela.

Coluna Gente Boa – O Globo

Aécio diz que única arma nos protestos de domingo será a Constituição


O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, criticou na manhã desta sexta-feira (14) a declaração do presidente da CUT, Vagner Freitas, sobre um possível uso de armas contra quem tentar derrubar a presidente Dilma Rousseff.

O tucano disse que a resposta dele é que as manifestações contra o governo marcadas para este domingo (16) serão pacíficas.

“Eu quero dizer ao presidente da CUT, e principalmente aos brasileiros, que nós não vamos nos entrincheirar, nós vamos de cabeça erguida para as ruas de todo o Brasil e levando, como nossa única arma, a Constituição do Brasil”, afirmou.

Aécio está em Maceió, onde lança uma campanha nacional de filiação ao PSDB.

Nesta quinta (13), em evento no Palácio do Planalto, o líder sindical afirmou que os entusiastas do impeachment são “golpistas”. Se for preciso, segundo ele, os movimentos sociais irão às ruas “com arma na mão, se quiserem tentar derrubar a presidente Dilma”.

“O que se vende hoje no Brasil é a intolerância, o preconceito de classe contra nós. Somos defensores da construção de um projeto nacional de desenvolvimento para todos e todas. Isso implica ir para a rua entrincheirados, com arma na mão, se quiserem tentar derrubar a presidente Dilma”, disse Freitas.

Horas depois, o presidente da CUT disse, no Twitter, que referia-se às “armas da classe trabalhadora”, que seriam “mobilização, ocupação das ruas e greve geral”.

“Pegar nas armas é uma figura de linguagem que usamos em assembleias”, disse.

Horas depois da fala, Freitas disse, no Twitter, que se referia às “armas da classe trabalhadora”, que seriam “mobilização, ocupação das ruas e greve geral”.

Aécio Neves criticou ainda que a declaração de Freitas foi dada na sede do governo e na presença de Dilma.

“Vamos responder às tentativas de intimidação com nossa manifestação clara, pacífica, mas firme e corajosa, em defesa do Brasil”, afirmou Aécio.

O tucano falou em Maceió, onde participou da abertura da campanha nacional de filiação do PSDB.

RESPEITO


Após a fala de Freitas, a presidente Dilma disse que não vê “nenhum problema” nos protestos contra o Planalto, mas que espera “respeito e honra” dos adversários e defendeu o diálogo contra a “pauleira”.

“Se você não respeitar o resultado do jogo, você não pode entrar no jogo”, declarou.

Citando a época em que lutou contra a ditadura no Brasil, a petista disse que não vai defender qualquer atitude contra as manifestações. “Não peçam para eu defender qualquer atitude contrária a qualquer manifestação, [por]que eu não defenderei jamais. Eu tenho que ter lealdade com a experiência histórica da minha geração. Eu sobrevivi”.

“Diálogo é diálogo, pauleira é pauleira. Não faz parte do diálogo xingar a pessoa. Não pode chamar de diálogo a intolerância. Botar bomba em qualquer lugar não é diálogo”, continuou Dilma, em referência aos ataques que uma médica do programa Mais Médicos sofreu nas redes sociais e à bomba caseira lançada contra o Instituto Lula há duas semanas.

Folha Press

Encontro de Som Automotivo em São paulo do Potengi - RN

Uso do aplicativo Whatsapp no trabalho pode acabar em demissão


A regra vale tanto para o empregado quanto para o empregador

Foto: Divulgação


O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp, assim como as demais redes sociais, agiliza a comunicação entre as pessoas em qualquer lugar e hora. Mas, quando se trata do uso do aplicativo no trabalho, é preciso cuidado e bom senso.
A regra vale tanto para o empregado quanto para o empregador.

Para Daniela Moreira Sampaio Ribeiro, advogada do escritório Trigueiro Fontes, o empregado deve ter cuidado ao se dirigir aos colegas ou a um superior hierárquico nas conversas do aplicativo e também ter moderação na sua utilização durante o expediente. “O empregador tem o direito de exigir do empregado concentração total no seu trabalho, proibindo ou restringindo a utilização da ferramenta para fins particulares.
Nesse caso, a desatenção do empregado à orientação pode ter como consequência a aplicação de penalidades disciplinares”, diz.

Fonte: IG

Estado Islâmico justifica estupros generalizados ‘em nome de Deus’


Foto: Mauricio Lima / NYT
Momentos antes de estuprar a menina de 12 anos, o combatente do Estado Islâmico (EI) tomou o tempo de explicar que o que estava prestes a fazer não era um pecado. Já que a garota era adepta de uma religião diferente do Islã, o Alcorão não apenas lhe dava o direito de estuprá-la — ele encorajava isso, insistiu o jihadista. Após amarrar suas mãos e amordaçá-la, ele se ajoelhou ao lado da cama e se prostrou em oração antes de consumar o ato sexual. Quando acabou, se ajoelhou para orar de novo, cercando o estupro com atos de devoção religiosa.

— Eu fiquei dizendo que estava machucando, para ele parar por favor. Ele disse que segundo o Islã ele pode estuprar uma infiel, que isso o deixa mais perto de Deus — disse ela em uma entrevista ao lado da sua família no campo de refugiados para o qual escapou após 11 meses cativa.

O estupro sistemático de mulheres e meninas da minoria religiosa yazidi se entranhou na organização e na teologia radical do EI no ano que se passou desde que o grupo anunciou que decidira reviver a instituição da escravidão. O comércio de mulheres yazidis criou uma infraestrutura permanente, com uma rede de armazéns onde as vítimas são mantidas, salas de exibição onde elas são inspecionadas e vendidas e uma frota de ônibus usada para transportá-las.

Um total de 5.270 yazidis foram sequestrados no ano passado, e ao menos 3.144 ainda são mantidos cativos, de acordo com líderes da comunidade. Para negociá-los, o EI desenvolveu uma detalhada burocracia de escravidão sexual, incluindo contratos de venda registrados por cortes islâmicas. A prática também se tornou uma ferramenta para recrutar homens de sociedades muçulmanas profundamente conservadoras, onde sexo casual é tabu e namoros são proibidos.

Um crescente número de memorandos internos e discussões teológicas estabeleceu diretrizes para a escravidão, incluindo um manual divulgado pelo Departamento de Pesquisa e Fatwas (decretos religiosos) no mês passado. Repetidamente, as lideranças do EI enfatizam uma leitura seletiva do Alcorão que não apenas justifica a violência, mas que celebra cada ataque sexual como espiritualmente benéfico, e até virtuoso.

— Todas as vezes que ele vinha me estuprar, ele rezava. Ele ficava dizendo que era ibadah (adoração religiosa)— diz uma menina de 15 anos capturada no Monte Sinjar ano passado e vendida para um combatente iraquiano de 20 e poucos anos, de quem escapou após nove meses com a ajuda de contrabandistas. — Ele dizia que o estupro era sua oração. Eu dizia: ‘O que você está fazendo comigo é errado e não vai te aproximar de Deus’. E ele dizia: ‘Não, é permitido. É halal (permitido pela religião).


Reestruturação da UTI do Hospital Deoclécio Marques é concluída


Foto: Reprodução
Após processo de reestruturação e melhorias na ambiência, a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena (HRDML), em Parnamirim, foi reaberta hoje (14) com 100% da capacidade instalada. São 10 leitos para atendimento a pacientes graves e de risco que exijam atenção multidisciplinar ininterruptamente e equipamentos especializados.

Toda a parte elétrica foi restaurada, além da revisão dos pontos de gases medicinais e hemodiálise, pintura do mobiliário, paredes, troca do piso e reparos nas divisórias. Durante a realização do serviço os pacientes foram acomodados em uma sala de cuidados semi-intensivos, sem prejuízo no atendimento.

Com funcionamento 24 horas a UTI conta com plantonistas, intensivistas e infraestrutura adequada com atendimento humanizado. Segundo a diretora geral Denise Aragão, “o acesso à qualidade e a humanização para o serviço público é primordial ao atendimento e a preocupação da gestão é entregar aos usuários do SUS um serviço de excelência”.



Blog do BG

Homem invade escritório, corta pênis de advogado e dá descarga

Foto: Divulgação
A polícia japonesa prendeu um homem que supostamente teria invadido um escritório de advocacia, cortado o pênis de um homem com uma tesoura de jardim e dado a descarga no órgão em um vaso sanitário. O caso ocorreu na capital do país, Tóquio, de acordo com informações do Daily Mail.

Segundo relatos da mídia local, o estudante de pós-graduação Ikki Kodukai teria cometido o crime como vingança pelo envolvimento romântico da sua esposa com o advogado de 42 anos de idade.

A polícia disse que o jovem espancou o advogado, que não foi identificado, antes de abaixar as calças dele e cortar sua “parte inferior do corpo”.

De acordo com o portal Japan Today, o criminoso, que era conhecido como um boxeador habilidoso no país, foi preso pouco depois do ataque.

Já o advogado está internado e continua recebendo tratamento em um hospital da região. Apesar de sua condição de saúde não ter sido divulgada, testemunhas afirmaram que, embora tenha perdido muito sangue, a vítima não corria risco de vida.

R7

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Paredão Foxfrio pode ter sido visto em posto de combustível em Caicó-RN





Segundo informações publicadas em blogs da região, a Polícia Militar tem informações de que o paredão Fox, roubado na cidade de Ouro Branco na última terça-feira (11), foi visto num posto de combustível em Caicó sendo rebocado por um Ford Fiesta prata que estava abastecendo. A Polícia Militar fez diligências por Caicó e verificou em imagens de câmeras de segurança mas sem êxito de encontrar o paredão.

Getúlio Oliveira pede a ajuda de todos, e se alguém souber notícia do paradeiro do Paredão Foxfrio ligar para os telefones (84) 988486692, (84) 988383846 ou 190.

Informações do Blog Lenilson Azevedo

Maxaranguape: suposta sonegação de documentos ao MP é julgada no TJRN


Os desembargadores que integram o Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte receberam a denúncia oferecida pelo Procurador-Geral de Justiça contra a prefeita de Maxaranguape, Maria Ivoneide da Silva, pela suposta sonegação, no período de 2007 a 2010, de documentos requisitados pelo Ministério Público, indispensáveis para a instrução de uma Ação Civil Pública. A denúncia, ofertada pelo MP, é baseada na suposta prática do delito tipificado no artigo 10 da Lei nº 7.347/85.

A decisão da Corte potiguar, no entanto, foi no sentido de não cessar os objetivos do Ministério Público, bem como de oportunizar, à denunciada, a manifestação acerca da proposta formulada de suspensão condicional do processo, caso satisfaça às dúvidas da Procuradoria Geral, em audiência a ser definida, cujas balizas serão fixadas e, após isso, trazidas novamente ao Plenário para homologação.

A denúncia é baseada também no que foi apurado nos autos do procedimento investigativo criminal nº 112/2010, por omissão na remessa de comprovantes bancários relativos ao ITIV, que é o Imposto sobre Transmissão Inter Vivos, por ato oneroso, de bens imóveis ou direitos reais a eles relativos. Os documentos compreendem o período de 2007 a 2010 e são, segundo o MP, indispensáveis para o seguimento da Ação Civil Pública.

Para o Executivo municipal, contudo, não houve recusas, mas um retardamento, diante do grande número de solicitações feitas pelo próprio Ministério Público. Para a Prefeitura, o MP não considerou o baixo número de servidores e não levou em conta o prazo para o atendimento de 40 ofícios do MP, além de outros feitos por outros órgãos e instituições.

(Ação Penal Originária nº 2012.001307-3)

TJRN

Após polêmica, personagem Africano sairá do ar no “Pânico”


Foto Reprodução
Devido à péssima repercussão do personagem Africano, interpretado por Eduardo Sterblich, o programa “Pânico” decidiu retirar o personagem do ar.

A informação foi confirmada pela assessoria do humorístico para o site Buzzfeed.

A atração ressaltou que em nenhum momento quis ofender os negros: “o quadro ‘Pânico’s Chef’ tem diversos outros personagens de diferentes etnias, japonês, nordestino, por exemplo, que preparam pratos típicos das regiões que moram. Nenhum deles foi criado para ofender”.

Após as críticas nas redes sociais e baixa aceitação do público, o personagem já não aparecerá mais a partir da próxima edição, no domingo (16).

Entenda o caso

Tudo começou por causa de um novo personagem do humorista Eduardo Sterblich, chamado de Africano. Ele é uma das estrelas da paródia do “MasterChef”, o “Pânico’s Chef”.

A sátira apareceu há algumas semanas, debochando da cultura africana, falando um linguajar estranho, sem qualquer compreensão do que se é dito, além de fazer uma dança bizarra, com músicas de estilo afro.

Fazendo sucesso com o público do “Pânico”, o Africano voltou ao palco do programa na noite do último domingo (09) para propor um desafio aos telespectadores: que façam uma dança mais estranha que a dele.

No entanto, a brincadeira não foi absolutamente bem vista. Muitas pessoas criticaram o “Pânico” por usar deste personagem, que debocha da cultura negra. Além das redes sociais, o personagem repercutiu em países africanos.

O jornal SeneWeb, por exemplo, chegou a questionar: “O Brasil é um país racista? Vejam como eles riem dos africanos!”.

UOL

Forte dos Reis Magos pede socorro



O monumento mais antigo e conhecido do Rio Grande do Norte reza pela chegada dos R$ 8,8 milhões do PAC Cidades Históricas – recursos prometidos pelo governo Federal há mais de dois anos para sua restauração. Enquanto isso, pedras e areia, entulho e uma segurança limitada fazem parte do seu cenário.

São poucos os guias que atuam autorizados, e só fazem questão de apresentar o monumento em troca de um dinheiro oportuno ofertado pelos poucos turistas que se aventuram no lugar. A maioria dos guias turísticos até fazem trabalho voluntário na tentativa de melhorar a imagem descuidada e que precisa de imediatos reparos.

Para completar a falta de atrativo, o acesso ao local segue sem uma linha regular de ônibus urbano. A falta de melhor acessibilidade, iluminação precária e infraestrutura carente do terminal turístico acarretam, fatalmente, no desinteresse das operadoras de turismo. Muitas não recomendam a visita ao monumento.

A partir do momento em que o dinheiro do PAC for liberado, a a estimativa inicial é que as obras se prolonguem no local por um ano. Mesmo que feche no período, melhor assim do que na situação que se encontra



Blog do BG